ATENDIMENTO MULTIDISCIPLINAR EM CIRURGIA BARIÁTRICA

A obesidade está cada vez mais comum na nossa população. No Brasil, cerca de 18 milhões de pessoas são consideradas obesas. Somando o total de indivíduos acima do peso, o montante chega a 70 milhões, o dobro de há três décadas. Esta doença é uma das principais causas de morte em todo o mundo, por ser também fator de risco para uma série de outras doenças: hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, apneia do sono, entre outras. Por isso, vem se tornando um grande problema de saúde pública nos dias atuais.

O tratamento para perda de peso sempre estará na dependência de um balanço energético negativo: redução da ingestão alimentar e aumento da atividade física/gasto calórico. Em alguns casos, pode ser considerado o uso de medicamentos. Quando o IMC  atinge valores de 40 kg/m² e o paciente não responde ao tratamento clínico para obesidade (dieta, medicação), pode ser considerado o tratamento cirúrgico da obesidade – a cirurgia bariátrica. A cirurgia também pode ser considerada para pacientes com IMC acima de 35kg/m² se este quadro for associado a doenças relacionadas a obesidade como: diabetes mellitus, hipertensão arterial, dislipidemia, doença do refluxo, apneia do sono, entre outras.

Para a avaliação e acompanhamento dos pacientes candidatos a cirurgia bariátrica, o Hospital Rios D’Or dispõe de uma equipe multidisciplinar com médicos cirurgiões, endocrinologistas, psicólogos e nutricionistas, cada um contribuindo para o bem-estar do paciente no pré e pós-operatório, para o emagrecimento saudável e manutenção deste novo peso.

A equipe médica seleciona os candidatos que irão se beneficiar de cirurgia, avaliam eventuais doenças que possam estar relacionadas ao quadro de obesidade, assim como deficiências nutricionais que devam ser corrigidas antes da cirurgia. No pós-operatório, os pacientes realizam avaliações periódicas com exames para excluir deficiências nutricionais, fazem o seguimento de doenças pré-existentes com ajustes de medicações, e são preparados para cirurgias reparadoras.

A equipe de nutrição acompanha também no pré e pós-operatório, ajudando a perder peso nestas duas etapas, orientando quanto a uma alimentação saudável, corrigindo erros alimentares, para assim conferir uma alimentação rica em nutrientes, e ajustar a dieta para cada momento deste percurso até o peso final desejado.

A equipe de psicologia faz uma avaliação sobre o estado emocional do candidato à cirurgia, sobre os reflexos da obesidade na vida do paciente e se há algum transtorno psicológico mais grave ou vícios que inviabilizem a cirurgia. Na consulta, também é conversado com paciente sobre suas expectativas com o emagrecimento, sobre o entendimento do paciente quanto às mudanças que estão por vir e sobre a necessidade de adesão do paciente às propostas de mudança de estilo de vida. O acompanhamento psicológico também ajuda na aceitação da nova imagem corporal adquirida com o emagrecimento e na adaptação ao novo estilo de vida, que reflete muitas vezes na vida pessoal e profissional do paciente.

A equipe multidisciplinar é muito importante, portanto, não só para o sucesso da cirurgia como também para a manutenção das mudanças de estilo de vida adquirida a longo prazo, alcançando-se assim uma vida mais saudável, com resultados melhores e duradouros.