Avaliação de Ressincronizador ou Cdi

Avaliação de Ressincronizador ou Cdi

O ressincronizador é composto por uma bateria e dois cabos de eletrodos ventriculares (direito e esquerdo), que aumentam a força do coração para bombear sangue, melhorando seu trabalho. 

O ressincronizador faz parte do grupo de cardioversores desfibriladores implantáveis (CDI) – junto ao marca-passo e o cardiodesfibrilador. Ele é composto por uma bateria e dois cabos de eletrodos ventriculares (direito e esquerdo), que aumentam a força do coração para bombear sangue, melhorando seu trabalho. 

Pacientes com insuficiência cardíaca congestiva (ICC), que fazem uso do aparelho, precisam passar pela avaliação de ressincronizador por toda sua vida, com o objetivo de garantir o bom trabalho do aparelho e identificar possíveis  problemas de funcionamento, além de definir o momento para troca da bateria. 

A primeira avaliação costuma ser realizada após 30 dias da colocação do ressincronizador cardíaco, e outras a cada seis meses, dependendo da indicação médica. O exame é feito em posição deitada e ligado a um aparelho que capta as informações do ressincronizador que permite avaliar a situação. Também é necessário se submeter a um ecocardiograma, onde serão regulados os parâmetros do equipamento. 

A Rede D’Or São Luiz possui hospitais, clínicas, consultórios e ambulatórios médicos presentes nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia. Em seu quadro de funcionários, a Rede D’Or São Luiz conta com mais de 87 mil médicos capacitados para oferecer atendimento médico de excelência.