Estágio em Medicina de Emergência proporciona vivência prática e aprofundamento teórico

Diminuir a distância entre o aprendizado em sala de aula e a realidade no dia a dia de trabalho é uma das dificuldades mais comuns enfrentadas pelos futuros médicos. Assim como acontece em vários cursos, no de Medicina esse problema também existe.

Na graduação, boa parte da grade curricular é teórica – e não é raro que o foco do curso de Medicina esteja voltado para as especialidades mais tradicionais e demandadas.

Encontrar uma oportunidade de realizar um estágio acadêmico para adquirir conhecimento prático tem se tornado um diferencial para muitos desses futuros profissionais. Uma das áreas que vêm atraindo a atenção desse público é a de Medicina de Emergência.

É por isso que cada vez mais estudantes de Medicina têm buscado instituições de saúde que se destacam pela qualidade e amplitude dos serviços oferecidos, atualização de seus parques tecnológicos e compromisso com a formação de seus estagiários e residentes.

 

Estágio em Medicina de Emergência pelo IDOR

O Programa de Estágio Acadêmico em Medicina de Emergência do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) é oferecido em duas unidades da Rede D’Or São Luiz: os hospitais Copa D’Or e Quinta D’Or, localizados no Rio de Janeiro.

O estágio acadêmico é, para muitos, o primeiro contato com o mercado de trabalho e com o dia a dia de uma possível carreira escolhida. É, também, a etapa da vida de um estudante em que o aprendizado prático tem impacto direto na sua formação e no tipo de profissional em que irá se transformar.

“O objetivo é oferecer um estágio extracurricular prático e teórico para os estudantes de Medicina. O estágio compreende 18 horas semanais, sendo 12 horas práticas e o restante teóricas, cumpridas, por exemplo, com a apresentação e discussão de casos clínicos. Essas atividades podem ser feitas junto ao supervisor do estágio – ou a alguém determinado por ele – ou, ainda, por um palestrante, mas sempre devem ser realizadas por alguém que esteja envolvido no processo”, explica a dra. Ana Paula Dias Mendes, responsável pela preceptoria dos Acadêmicos da Emergência do Copa D’Or.

Nesse formato, o estágio não só contribui para o amadurecimento deles como futuros médicos como também permite a familiarização com o ambiente da Emergência, os equipamentos, as formas de tratamento e com as patologias que ocorrem com mais frequência nessa área.

 

Como funciona o estágio em Medicina de Emergência na prática

O Estágio Acadêmico em Medicina de Emergência é uma atividade de imersão no ambiente hospitalar. As aulas teóricas são realizadas em salas e auditórios, na própria unidade, e a parte prática é toda conduzida na Emergência.

Nos hospitais Copa D’Or e Quinta D’Or, esse setor conta com equipamentos de última geração e ambientes modernos, pensados para oferecer um atendimento seguro e de qualidade ao paciente.

Nesses espaços, o aluno terá contato com um universo hospitalar de excelência técnica e profissional. Destaque também para o corpo clínico variado e especializado, com divisão escalonada entre médico plantonista e da rotina nas mais diversas especialidades médicas (Cardiologia, Clínica Médica, entre outras).

Além disso, os dois hospitais realizam todos os exames complementares que possam ser demandados em uma situação de emergência, o que possibilita ao estagiário acompanhar a abordagem emergencial de várias patologias, clínicas e cirúrgicas, no seu processo investigativo.

A elevação da qualidade da Medicina é uma das grandes motivações da Rede D’Or São Luiz. Fundada em 1977, é hoje a maior rede integrada de cuidados em saúde no Brasil, com presença em dez estados e no Distrito Federal. Com foco no atendimento humanizado, na qualificação da equipe, na adoção de novas tecnologias e na expansão do atendimento, a Rede D’Or São Luiz é referência em qualidade técnica e conta com 59 hospitais e 50 clínicas oncológicas, além de atuar em serviços complementares, como banco de sangue, diálise e ambulatórios de diversas especialidades.

Por meio do IDOR, criado em 2010, a Rede D’Or São Luiz também investe em inovação, pesquisa clínica e na formação do profissional de saúde.

 

Envolvimento com o aprendizado

No Estágio Acadêmico em Medicina de Emergência oferecido na Rede D’Or São Luiz, os supervisores estão plenamente envolvidos com o treinamento e aprendizado dos estudantes. Diferentemente do que costuma ocorrer em programas de estágio, na Rede D’Or São Luiz o aluno conta com o apoio e a supervisão integral de seu tutor.

“Por estar se expondo, ele precisa saber que tem sempre a salvaguarda de um profissional especializado. A função desse preceptor é orientar o jovem profissional, transmitindo a ele a segurança necessária para conduzir as ações que lhe forem permitidas dentro desse ambiente de emergência hospitalar”, diz a dra. Ana Paula.

 

Aproveite a oportunidade: inscreva-se agora nos Estágios Acadêmicos do IDOR

O IDOR oferece estágio acadêmico em três especialidades. Além de Medicina de Emergência, há programas específicos para Cardiologia e Medicina Intensiva. Os três estão com inscrições abertas e as vagas são limitadas.

Os alunos interessados em se candidatar a uma das vagas disponibilizadas deverão estar matriculados regularmente em um curso de Medicina autorizado pelo Ministério da Educação (MEC).

Para Medicina de Emergência, podem se inscrever estudantes que estejam cursando entre o 8° e o 11° período. Para Cardiologia e Medicina Intensiva, são aceitos estudantes do 9° ao 11° período.

O Estágio Acadêmico em Medicina de Emergência oferece nove vagas para início em 2022. Os selecionados receberão bolsa mensal, auxílio-alimentação, vale-transporte municipal e seguro de vida.

Inscreva-se em um programa que oferece as melhores oportunidades para sua carreira. No IDOR, você tem ainda a possibilidade de contratação após a formatura e a Residência Médica. Cerca de 70% dos egressos tornam-se colaboradores da Rede D’Or São Luiz. Seja um deles!

 

Saiba mais sobre o Estágio Acadêmico em Medicina de Emergência do IDOR

· Quantidade de vagas oferecidas: nove.

· Duração do estágio: um ano, renovável por mais um ano (total de dois anos).

· Unidades em que o estágio é oferecido: Hospitais Copa D’Or e Quinta D’Or, no Rio de Janeiro.

· Prazo de inscrição: 8/12/2021.

INSCREVA-SE

Veja também