Inscrições abertas: Residência Médica em Cirurgia Básica

Voltada para capacitar residentes em diversos procedimentos cirúrgicos, conheça mais sobre a especialidade oferecida pelo Programa de Residência Médica IDOR/RDSL.

Cirurgia Básica está entre os cursos lançados no Programa de Residência Médica do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e da Rede D’Or São Luiz (RDSL). O programa oferece treinamento diversificado para residentes que buscam formação ampla em diferentes áreas da cirurgia básica. Os treinamentos do programa são realizados em um dos hospitais mais modernos do Rio de Janeiro, o que resulta no acesso a tecnologias de ponta de todas as áreas da medicina, equipamentos de última geração e convívio com preceptores com mestrado e doutorado na área.

Residentes devem executar um grande volume de práticas para estarem aptos a fazer uma cirurgia sozinhos, por isso, durante o programa, os mesmo terão oportunidade de assistir e participar de diversas intervenções cirúrgicas. Reconhecendo a importância de imersão em diversos campos cirúrgicos, o programa oferece aos residentes em Cirurgia Básica um treinamento amplo em áreas como torácica, vascular, urologia e ortopedia. Todas as aulas e procedimentos serão ministrados no Quinta D’Or, hospital que conta com grande volume cirúrgico, além de tecnologia em cirurgia robótica e transplante de órgãos abdominais, que é feito de forma regular dentro do hospital. 

Reconhecido pelo MEC e pelas sociedades cirúrgicas, o programa dispõe de canal teórico regular e sessões clínicas com discussão de casos toda a semana. No primeiro ano, o programa se foca na visão cirúrgica ampla, via rodízio nas áreas de ortopedia, cirurgia vascular, torácica, proctologia, urologia, radiologia intervencionista, serviço de endoscopia e terapia intensiva. No segundo ano, o foco é na dedicação à pesquisa junto ao rodízio nas áreas de cirurgia digestiva oncológica, bariátrica e transplante hepático, com importante foco na vídeo laparoscopia e robótica. 

Os convênios com outras instituições, como o Hospital Municipal Miguel Couto, por exemplo, propicia ao residente visões e experiências diferenciadas para a sua formação. O IDOR faz papel essencial no incentivo à pesquisa na área, capacitando os residentes a escrever, publicar e interpretar artigos de forma adequada. Ademais, o programa busca incentivar os residentes a interagir com serviços de intercâmbio, trazendo para a prática nacional novos conhecimentos adquiridos.

O Dr. Ricardo Cotta, coordenador do programa, afirma que um diferencial para os residentes será também a presença de turnos na radiologia e endoscopia, permitindo treinamento em conceitos básicos e avançados de diagnóstico e procedimentos de imagem.

Saiba mais sobre a Residência Médica em Cirurgia Básica, e inscreva-se aqui!