Câncer de Tireoide

Câncer de tiroide

O que é câncer de tireoide?

A tireoide é um órgão do sistema endocrinológico, que está localizado bem à frente do pescoço humano. Ela é responsável pela produção de hormônios que regulam o metabolismo energético do organismo, permitindo que a pessoa seja capaz de cumprir com suas tarefas diárias.

O câncer acontece quando há o crescimento desordenado e acelerado de um grupo de células. Se o tecido que dá origem a essas célula for a tireoide, diz-se que o paciente está com câncer na tireoide.

O câncer na tireoide costuma afetar mais pacientes do sexo feminino. Geralmente, os indivíduos que o desenvolvem estão acima dos 40 anos.

Quais são os tipos de câncer de tireoide?

Ao todo, existem 4 tipos de câncer na tireoide. São eles: Papilífero, Folicular, Medular e Anaplásico.

O câncer de tireoide papilífero é o tipo mais comum, sendo que ele possui um crescimento bastante lento, se desenvolvendo nas células foliculares presentes nesse órgão.

Já o câncer de tireoide folicular é o segundo mais comum, também chamado de carcinoma das células de Hurthle.

O câncer de tireoide medular pode se apresentar com frequência dentro de um mesmo grupo familiar, sendo que é interessante que membros da família do indivíduo que apresentar a doença também façam exames e testes que verifiquem a presença dessa condição. Se o câncer de tireoide medular não for tratado, ele pode acabar se espalhando para lugares como os ossos.

O câncer de tireoide anaplásico é considerado o mais agressivo porque se desenvolve de forma bastante acelerada. Se ele não for tratado com rapidez e agilidade, logo poderá se espalhar para outras áreas do corpo, como o fígado e os pulmões.

Quais são os sintomas de câncer de tireoide?

De forma geral, o paciente com câncer de tireoide não apresenta sintomas significativos.

Entre os sintomas de câncer de tireoide, podemos incluir:

– presença de um nódulo na parte da frente do pescoço;
– rouquidão;
– dificuldade de engolir;
– sensação de peso no pescoço;
– dificuldade para respirar; e
– tosse que não sara.

Ter um nódulo na parte da frente do pescoço não quer dizer que o paciente possui câncer de tireoide, mas deve servir como um sinal de alerta. Na maioria dos casos, a condição é benigna. Para ter um diagnóstico preciso e completo de câncer na tireoide, é preciso fazer consultas médicas.

Como é o diagnóstico do câncer de tireoide?

O diagnóstico do câncer de tireoide pode ser feito após um exame inicial, em que o médico apalpa a tireoide do paciente para sentir se há a presença de nódulos.

Exames como a cintilografia e a tomografia computadorizada também ajudam a detectar os nódulos, além do ultrassom de pescoço.

Por fim, para determinar o tipo de câncer de tireoide, é realizada uma biópsia que remove uma pequena parte do nódulo presente no pescoço do paciente.

Como é o tratamento do câncer de tireoide?

O câncer da tireoide é tratado de acordo com seu estadiamento, ou seja, o nível no qual ele se encontra.

Geralmente, o tratamento é cirúrgico, sendo que paciente pode acabar com, por exemplo, toda a sua tireoide removida por meio de uma cirurgia, precisando realizar reposição dos hormônios T3 e T4 pelo resto da vida. Também há a opção de remover somente o nódulo, sendo que cabe ao médico oncologista indicar a melhor forma de tratamento.

Podem ser feitos tratamentos complementares que envolvem o uso de iodo radioativo aplicado diretamente na área da tireoide, com o objetivo de eliminar qualquer célula que possa ser anormal. Ainda existem casos que requerem radioterapia e quimioterapia, sempre de acordo com a recomendação do médico oncologista.

A Oncologia D’Or é uma rede de mais de 40 clínicas e hospitais espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Tocantins, Ceará, Maranhão e Bahia. Por mês, a Oncologia D’Or atende mais de 5.000 pacientes oncológicos com excelência e agilidade.