Obstipação

O que é obstipação intestinal?

Obstipação intestinal é o termo médico utilizado para designar um quadro de prisão de ventre ou de constipação.

Mesmo sentindo vontade de ir ao banheiro, o paciente não consegue eliminar fezes e, quando consegue, elas costumam estar muito duras e ressecadas, além de serem eliminadas em uma quantidade bem menor do que o normal para aquele paciente. 

Existem diferentes causas para a obstipação. Em alguns casos, se o paciente tiver uma dieta que é pobre em fibras (encontradas em alimentos como verduras e legumes) ou se estiver passando por um período de grande estresse emocional, ele pode apresentar uma obstipação aguda, que é resolvida por meio do uso de medicamentos como os laxantes. Nos casos mais sérios, pode ser realizada uma lavagem intestinal.

Já a obstipação crônica pode ser um sinal de alguma doença mais séria, como o câncer de cólon e reto e a diverticulite.

 

Por que o paciente oncológico pode ter uma obstipação intestinal?

A obstipação pode ser um efeito colateral do tratamento oncológico, como a quimioterapia, a radioterapia e a hormonioterapia.

Existem ainda pacientes oncológicos com obstipação que não estão realizando os tratamentos mencionados acima, mas que, na verdade, passaram por um procedimento cirúrgico, que também pode causar a obstipação de forma temporária.

Por isso, a obstipação é um sintoma que deve ser sempre referido ao oncologista, para que sejam tomadas medidas farmacológicas (como o uso de laxativos) e comportamentais, além de, quando necessário, afastar outros diagnósticos que possam levar à obstipação intestinal.

A Oncologia D’Or é referência no tratamento oncológico de excelência.

As mais de 40 clínicas que fazem parte da rede Oncologia D’Or estão presentes nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Tocantins, Ceará e Bahia.