array(57) { ["SERVER_SOFTWARE"]=> string(6) "Apache" ["REQUEST_URI"]=> string(55) "/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["PHP_PATH"]=> string(24) "/opt/bitnami/php/bin/php" ["FREETDSLOCALES"]=> string(0) "" ["FREETDSCONF"]=> string(0) "" ["OPENSSL_ENGINES"]=> string(31) "/opt/bitnami/common/lib/engines" ["OPENSSL_CONF"]=> string(39) "/opt/bitnami/common/openssl/openssl.cnf" ["SSL_CERT_FILE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["CURL_CA_BUNDLE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["LDAPCONF"]=> string(42) "/opt/bitnami/common/etc/openldap/ldap.conf" ["GS_LIB"]=> string(43) "/opt/bitnami/common/share/ghostscript/fonts" ["MAGICK_CODER_MODULE_PATH"]=> string(60) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/modules-Q16/coders" ["MAGICK_CONFIGURE_PATH"]=> string(73) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/config-Q16:/opt/bitnami/common/" ["MAGICK_HOME"]=> string(19) "/opt/bitnami/common" ["PATH"]=> string(260) "/opt/bitnami/apps/wordpress/bin:/opt/bitnami/varnish/bin:/opt/bitnami/sqlite/bin:/opt/bitnami/php/bin:/opt/bitnami/mysql/bin:/opt/bitnami/letsencrypt/:/opt/bitnami/apache2/bin:/opt/bitnami/common/bin:/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/sbin:/bin" ["USER"]=> string(6) "daemon" ["HOME"]=> string(9) "/usr/sbin" ["SCRIPT_NAME"]=> string(10) "/index.php" ["QUERY_STRING"]=> string(0) "" ["REQUEST_METHOD"]=> string(3) "GET" ["SERVER_PROTOCOL"]=> string(8) "HTTP/1.0" ["GATEWAY_INTERFACE"]=> string(7) "CGI/1.1" ["REDIRECT_URL"]=> string(55) "/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["REMOTE_PORT"]=> string(5) "17240" ["SCRIPT_FILENAME"]=> string(44) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs/index.php" ["SERVER_ADMIN"]=> string(15) "you@example.com" ["CONTEXT_DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["CONTEXT_PREFIX"]=> string(0) "" ["REQUEST_SCHEME"]=> string(4) "http" ["DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["REMOTE_ADDR"]=> string(13) "18.228.16.175" ["SERVER_PORT"]=> string(2) "80" ["SERVER_ADDR"]=> string(13) "172.26.13.183" ["SERVER_NAME"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SERVER_SIGNATURE"]=> string(0) "" ["LD_LIBRARY_PATH"]=> string(410) "/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/varnish/lib:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish/vmods:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/common/lib64" ["HTTP_ACCEPT_ENCODING"]=> string(7) "br,gzip" ["HTTP_VIA"]=> string(64) "1.1 e93e34046c3a3d7fb416e8e0d71d2ff2.cloudfront.net (CloudFront)" ["HTTP_X_AMZ_CF_ID"]=> string(56) "g0KnsALSt_nKTV2LXeka5Q-xzjABPyZoaUeje88t7-sSW_qvsz_CEA==" ["HTTP_USER_AGENT"]=> string(17) "Amazon CloudFront" ["HTTP_X_AMZN_TRACE_ID"]=> string(40) "Root=1-62fd137e-7897fd2c30855c3249fd9055" ["HTTP_X_FORWARDED_PORT"]=> string(2) "80" ["HTTP_CONNECTION"]=> string(5) "close" ["HTTP_X_FORWARDED_PROTO"]=> string(4) "http" ["HTTP_X_FORWARDED_FOR"]=> string(43) "3.236.225.157, 64.252.67.198, 10.247.46.214" ["HTTP_X_REAL_IP"]=> string(13) "10.247.46.214" ["HTTP_X_FORWARDED_HOST"]=> string(25) "www.rededorsaoluiz.com.br" ["HTTP_HOST"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SCRIPT_URI"]=> string(75) "http://54.225.48.228/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["SCRIPT_URL"]=> string(55) "/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["REDIRECT_STATUS"]=> string(3) "200" ["REDIRECT_SCRIPT_URI"]=> string(75) "http://54.225.48.228/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["REDIRECT_SCRIPT_URL"]=> string(55) "/instituto/idora-educacao-medica-em-tempos-de-covid-19/" ["FCGI_ROLE"]=> string(9) "RESPONDER" ["PHP_SELF"]=> string(10) "/index.php" ["REQUEST_TIME_FLOAT"]=> float(1660752767.1092) ["REQUEST_TIME"]=> int(1660752767) }

A Educação Médica em Tempos de Covid-19

A Educação Médica em Tempos de Covid-19

O desafio de garantir a segurança de estudantes e pacientes traz novos desafios à formação dos futuros profissionais. 

O contexto atual nos pede ainda mais atenção para  a formação dos profissionais da saúde e renova as discussões sobre o modelo ideal. Nessa linha, o periódico científico Journal of American Medical Association publicou um artigo de opinião de Suzanne Rose, da Escola de Medicina da Pensilvânia, que aborda muitos aspectos válidos também para o Brasil. Ela acredita  que o futuro do ensino médico pode ter sido modificado para sempre. A pandemia traz as questões que incluem a segurança do paciente em ambiente hospitalar, mas também do corpo médico, incluindo estudantes de medicina, para que não haja aumento da contaminação.

A educação médica vem se modificando rapidamente nos Estados Unidos,  incorporando tecnologias, estimulando o aprendizado individual e o trabalho em equipe, de forma a promover cada vez mais o ensino individualizado e interpessoal. Nas faculdades de medicina, nos últimos 18 meses de curso, a presença física de estudantes no ambiente hospitalar, em modelos de internato, faz com que as imersões tragam experiência clínica relevantes para os futuros profissionais da saúde. No entanto, o distanciamento social que se impõe, enquanto esperamos um remédio efetivo ou uma vacina para enfrentar a Covid-19, já está mudando a configuração do ensino médico.

Em resposta à epidemia do novo coronavírus, os programas de medicina rapidamente se aumentaram as aulas online. Os grupos criados no início do curso, que antes tinham encontros presenciais, agora têm reuniões virtuais; e a nova modalidade deste ensino precisará de avaliações de resultado, futuramente. Rose pontua que a transição do ambiente hospitalar para o estudo em casa traz isolamento e a dificuldade de separar trabalho de lazer, entre outros pontos. Existe ainda um comprometimento do papel que os estudantes de medicina desempenham no universo da saúde – eles são parte de um time, aprendizes que demandam supervisão. E se em outras situações de crise tiveram a chance de colaborar, nesta epidemia foram excluídos pelo risco de se contaminarem ou contaminarem os pacientes. Ademais, alguns pontos contribuem para que haja ausência do estudante na clínica, como a falta de testagem, menos cirurgias e consultas, além da implementação do teleatendimento em saúde.

Um dos pontos futuros importantes é que haja reconsideração de uma premissa que valia até o início da pandemia do novo coronavírus: a saúde do paciente está acima da saúde do corpo médico. A partir de agora, médicas e médicos que atuam em ambiente hospitalar precisam garantir sua saúde, pois do contrário, podem contaminar aqueles de quem cuidam. Por fim, Suzanne Rose traz alguns pontos que podem ser incorporados à formação médica a partir de agora, como a telemedicina e protocolos de pesquisa adaptados. Para esses novos  obterem sucesso, é preciso que estudantes e professores trabalhem juntos, assim novos currículos e práticas serão postos em prática de forma efetiva na capacitação de médicas e médicos futuros.

Escrito por Luiza Mugnol Ugarte

Quer receber as notícias do IDOR pelo WhatsApp? Clique aqui, salve o nosso número e mande uma mensagem com seu nome completo. Para cancelar, basta pedir!

18.06.2020

Conteúdo Relacionado