Capacitando o médico no tratamento de lesões traumáticas, degenerativas, tumorais e congênitas das mãos, punhos, antebraços e cotovelos, conheça a Residência em Cirurgia de Mão

Capacitando o médico no tratamento de lesões traumáticas, degenerativas, tumorais e congênitas das mãos, punhos, antebraços e cotovelos, conheça a Residência em Cirurgia de Mão

A cirurgia de mão é a especialidade capaz de reparar ou reconstruir diversas lesões nas mãos, antebraços, punhos e cotovelos, sejam elas ósseas, tendinosas, ligamentares, nervosas, musculares ou de cobertura cutânea. O médico especializado na área também é responsável pelo tratamento de doenças degenerativas e deformidades congênitas de mãos e punhos. Além disso, o treinamento em microcirurgia habilita o profissional a realizar reimplantes de segmentos amputados, retalhos microcirúrgicos e reparo de lesões de nervos periféricos em todo o corpo e não apenas nas mãos. No entanto, apesar da essencialidade dessa especialidade, ainda há poucos cirurgiões capacitados para essa atuação no país.  

Apostando na expertise em saúde e tecnologia de ponta da Rede D’Or São Luiz (RDSL), o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) oferece a Residência Médica em Cirurgia de Mão de Microcirurgia (SP), programa que permitirá ao médico obter especialização em uma área bastante exclusiva, que requer o conhecimento de múltiplas técnicas cirúrgicas delicadas e complexas, como a microcirurgia para realização de reimplantes de segmentos amputados e retalhos cutâneos para cobertura de ferimentos tanto em membro superior quanto inferior. Além disso, os residentes também recebem treinamento para avaliar e tratar patologias congênitas e alterações degenerativas e tumorais em mãos e punhos. “A cirurgia da mão proporciona uma formação abrangente para atuação tanto em casos de emergência quanto em patologias a serem tratadas de forma eletiva”, explica o coordenador do curso, Dr. Fábio Sano Imoto. 

Após a graduação em medicina, saber escolher onde se fará a residência ou pós-graduação médica é muito importante para os profissionais da área, e é nesse momento que muitos se perguntam sobre as diferenças de aprendizado em instituições públicas ou privadas. “Há quem veja o grande volume de pacientes atendidos nas instituições públicas como uma vantagem destas residências, no entanto, muitos hospitais públicos e universitários infelizmente têm sofrido com escassez de recursos e descaso das autoridades, o que gera irregularidade dos recursos e pode afetar as condições para realização de cirurgias, limitar acesso a recursos tecnológicos e muitas vezes piorar a qualidade do atendimento dos pacientes”, comenta Dr. Fábio. Ele acrescenta que nas instituições privadas, além das condições técnicas adequadas para o atendimento, a população de pacientes costuma ser constante, o que permite acompanhamento regular dos residentes em todos os processos de atendimento ao paciente. 

Além do acesso à tecnologia e aos fármacos mais modernos, outro diferencial oferecido aos residentes é o forte braço de pesquisa do IDOR, que alinha o treinamento e a capacitação do programa aos avanços técnicos mais recentes da área da saúde, incluindo a imersão em ambiente estimulante para desenvolvimento tanto da prática clínica como da produção científica. Os docentes são todos especialistas reconhecidos pela Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão e atuam em hospitais de ponta que oferecem assistência médica na área. 

A Residência Médica de Cirurgia da Mão tem duração de 2 anos e requer como pré-requisito formação em ortopedia ou cirurgia plástica, ao término dos dois anos da residência o objetivo é que o cirurgião terá habilidade para atuar em lesões traumáticas, degenerativas, tumorais, congênitas da mão, punho, antebraço e cotovelo e possa também estar apto para atuar em microcirurgia reconstrutiva para executar reimplantes, retalhos microcirúrgicos para coberturas de defeitos cutâneos dos membros , assim como atuar nas lesões de plexo braquial. “A formação do cirurgião  de mão é bastante ampla com uma curva de aprendizado longa e com diversos desafios técnicos a serem alcançados”, conclui o coordenador. 

Conheça o Programa de Residência Médica em Cirurgia da Mão e Microcirurgia do IDOR 

  • Quantidade de vagas oferecidas: uma.
  • Duração da residência: dois anos.
  • Prazo de inscrição: 06/12/2021

Clique aqui para saber mais e inscreva-se na Residência Médica de Cirurgia de Mão e Microcirurgia do IDOR/RDSL!

29.11.2021

Conteúdo Relacionado