Principles and Practice of Clinical Research: HARVARD T.H. CHAN SCHOOL OF PUBLIC HEALTH, EXECUTIVE AND CONTINUING PROFESSIONAL EDUCATION

  • Investimento

    Valores diferem de acordo com o programa escolhido.
    Acesse aqui.

  • Forma de pagamento

    Cartão de crédito (parcela única)

  • Inscreva-se

Ficha do curso

Período de Inscrição:

até 31/12/2019

Data das aulas:

26/03/2020 a 07/11/2020

Horário e dias das aulas: Toda quinta-feira, das 17h às 20h15

Duração: 08 meses

Local: IDOR SP - Av. República do Líbano, 611 - Ibirapuera | SP IDOR RJ - Rua Diniz Cordeiro, 30 - Botafogo | RJ

Mais Informações:

Informações SP:

Telefone: (11) 2109-8899
E-mail: ensinosp@idor.org

Informações RJ:

Telefone: (21) 2323-7636
E-mail: secretaria.ensino@idor.org

Importante: para participar do curso no IDOR São Paulo ou Rio de Janeiro, é necessário assinalar a opção “São Paulo, Brazil (Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino)” ou “Rio de Janeiro, Brazil (Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino)” no formulário de inscrição (pergunta “In which city will you be participating?”).


Sobre o curso

Este curso é oferecido pela Harvard T.H. Chan School of Public Health, Executive and Continuing Professional Education.
A Universidade de Harvard está entre as mais prestigiadas do mundo e é reconhecida por sua produção científica de alta qualidade. Há 11 anos o curso Principles and Practice of Clinical Research desenvolve um programa intensivo de ensino à distância em pesquisa clínica, através de um método altamente colaborativo. O curso é oferecido a participantes de todo o mundo e entre os tópicos que são abordados estão: conceitos básicos de pesquisa clínica,formulação da pergunta, seleção da população de estudo, métodos de randomização, métodos de cegamento, estatística e elaboração projetos de pesquisa clínica.

Por que assistir as aulas no IDOR

Durante o curso os participantes terão a oportunidade única de interação com os professores da Universidade de Harvard e outros especialistas, e com os alunos de todo o mundo. Assistindo as aulas no IDOR, você poderá participar das discussões ao vivo dentro do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e estar diretamente em contato com o time de desenvolvimento e implantação da pesquisa clínica da Rede D’Or São Luiz.

Pré-requisitos

  • Inglês fluente
  • Tempo disponível para assistir as aulas e realizar as atividades do programa

 


Coordenação

COORDENADOR RESPONSÁVEL PELO CURSO NO IDOR RJ:‍ Daniella Braz Parente, MD, PhD.
Médica (UFRJ-1996), Medicina interna (UFRJ-1999), Radiologista (UFRJ-2005), mestre e doutora em Radiologia (UFRJ-2008, 2012). Pós-doutoranda (UFRJ-atual). Médica radiologista do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho – UFRJ. Professora da pós-graduação em Radiologia da UFRJ. Pesquisadora do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR). Sua linha de pesquisa envolve principalmente hepatologia e doença hepática gordurosa não alcoólica. Revisora da European Radiology, Plos One, Radiologia Brasileira e International Brazilian Journa of Urology. Autora de artigos publicados em revistas internacionais, como Plos One, Radiographics, Magnetic Resonance Imaging Clinics of North America, Journal of Gastroenterology and Hepatology, entre outras.

COORDENADOR RESPONSÁVEL PELO CURSO NO IDOR SP:‍ Camila Venchiarutti, PhD.Gerente Médica de Pesquisa Clínica em Oncologia – Instituto D´Or de Ensino e Pesquisa – IDORGerente Médica de Pesquisa Clínica em Oncologia -Instituto do Câncer do Estado de São Paulo- ICESPOncologista especialista em tumores do trato gastrointestinal

PRESIDENTE DO IDOR: Fernanda Tova-Moll, Médica (UFRJ-1999) e Radiologista (UFRJ-2003), mestre e doutora em Ciências Morfológicas (UFRJ-2002, 2007).”Post-doctoral fellowship award” no National Institutes of Health (2004-2007).Pesquisadora do CNPq (2) e Jovem Cientista Estado do RJ. Na UFRJ, é professora do Instituto de Ciências Biomédicas e foi vice-diretora do Centro nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem – CENABIO.É co-fundadora e, atualmente, é presidente do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR).Suas pesquisas envolvem uma temática translacional de investigação sobre a formação, estabelecimento e modulação de circuitos funcionais e estruturais do cérebro normal e patológico, através de pesquisa básica em modelos animais e estudos clínicos em doenças neurológicas, psiquiátricas e do desenvolvimento. Utiliza novas técnicas de imageamento in vivo para mapear e compreender os biomarcadores e os fenômenos plásticos do cérebro, e estabelecer suas relações com aspectos clínicos, patológicos e microestruturais. Orientou e orienta vários alunos de pós-graduação. Nos últimos dez anos publicou 44 artigos em periódicos internacionais como Brain, PNAS, Neuroimage, Cerebral Cortex e Journal of Neuroscience.