array(57) { ["SERVER_SOFTWARE"]=> string(6) "Apache" ["REQUEST_URI"]=> string(96) "/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["PHP_PATH"]=> string(24) "/opt/bitnami/php/bin/php" ["FREETDSLOCALES"]=> string(0) "" ["FREETDSCONF"]=> string(0) "" ["OPENSSL_ENGINES"]=> string(31) "/opt/bitnami/common/lib/engines" ["OPENSSL_CONF"]=> string(39) "/opt/bitnami/common/openssl/openssl.cnf" ["SSL_CERT_FILE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["CURL_CA_BUNDLE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["LDAPCONF"]=> string(42) "/opt/bitnami/common/etc/openldap/ldap.conf" ["GS_LIB"]=> string(43) "/opt/bitnami/common/share/ghostscript/fonts" ["MAGICK_CODER_MODULE_PATH"]=> string(60) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/modules-Q16/coders" ["MAGICK_CONFIGURE_PATH"]=> string(73) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/config-Q16:/opt/bitnami/common/" ["MAGICK_HOME"]=> string(19) "/opt/bitnami/common" ["PATH"]=> string(260) "/opt/bitnami/apps/wordpress/bin:/opt/bitnami/varnish/bin:/opt/bitnami/sqlite/bin:/opt/bitnami/php/bin:/opt/bitnami/mysql/bin:/opt/bitnami/letsencrypt/:/opt/bitnami/apache2/bin:/opt/bitnami/common/bin:/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/sbin:/bin" ["USER"]=> string(6) "daemon" ["HOME"]=> string(9) "/usr/sbin" ["SCRIPT_NAME"]=> string(10) "/index.php" ["QUERY_STRING"]=> string(0) "" ["REQUEST_METHOD"]=> string(3) "GET" ["SERVER_PROTOCOL"]=> string(8) "HTTP/1.0" ["GATEWAY_INTERFACE"]=> string(7) "CGI/1.1" ["REDIRECT_URL"]=> string(96) "/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["REMOTE_PORT"]=> string(5) "64471" ["SCRIPT_FILENAME"]=> string(44) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs/index.php" ["SERVER_ADMIN"]=> string(15) "you@example.com" ["CONTEXT_DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["CONTEXT_PREFIX"]=> string(0) "" ["REQUEST_SCHEME"]=> string(4) "http" ["DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["REMOTE_ADDR"]=> string(13) "15.229.25.218" ["SERVER_PORT"]=> string(2) "80" ["SERVER_ADDR"]=> string(13) "172.26.13.183" ["SERVER_NAME"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SERVER_SIGNATURE"]=> string(0) "" ["LD_LIBRARY_PATH"]=> string(410) "/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/varnish/lib:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish/vmods:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/common/lib64" ["HTTP_ACCEPT_ENCODING"]=> string(4) "gzip" ["HTTP_VIA"]=> string(64) "1.1 65515d7b1028cd133489fb761d35fa06.cloudfront.net (CloudFront)" ["HTTP_X_AMZ_CF_ID"]=> string(56) "IQh4Yw5CgRyfWnwkFUKjKWOZy0nX_3RxXhswVfn8P-_UNdZjbfdRUg==" ["HTTP_USER_AGENT"]=> string(17) "Amazon CloudFront" ["HTTP_X_AMZN_TRACE_ID"]=> string(40) "Root=1-62f3cba1-064d34637dc3113a5d3adeea" ["HTTP_X_FORWARDED_PORT"]=> string(2) "80" ["HTTP_CONNECTION"]=> string(5) "close" ["HTTP_X_FORWARDED_PROTO"]=> string(4) "http" ["HTTP_X_FORWARDED_FOR"]=> string(42) "23.105.12.78, 64.252.66.166, 10.247.46.125" ["HTTP_X_REAL_IP"]=> string(13) "10.247.46.125" ["HTTP_X_FORWARDED_HOST"]=> string(25) "www.rededorsaoluiz.com.br" ["HTTP_HOST"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SCRIPT_URI"]=> string(116) "http://54.225.48.228/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["SCRIPT_URL"]=> string(96) "/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["REDIRECT_STATUS"]=> string(3) "200" ["REDIRECT_SCRIPT_URI"]=> string(116) "http://54.225.48.228/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["REDIRECT_SCRIPT_URL"]=> string(96) "/instituto/idorpacientes-oncologicos-na-uti-possuem-maior-probabilidade-de-desfechos-favoraveis/" ["FCGI_ROLE"]=> string(9) "RESPONDER" ["PHP_SELF"]=> string(10) "/index.php" ["REQUEST_TIME_FLOAT"]=> float(1660144545.6371) ["REQUEST_TIME"]=> int(1660144545) }

Pacientes oncológicos na UTI possuem maior probabilidade de desfechos favoráveis

Pacientes oncológicos na UTI possuem maior probabilidade de desfechos favoráveis

Estudo do IDOR analisou dados de 92 UTIs da RDSL, referentes a um período de 8 anos, para entender como evoluiu o prognóstico dos pacientes oncológicos nestas internações

 

Pacientes em tratamento de algum tipo de câncer geralmente exigem cuidados especiais, principalmente pela fragilidade resultante da doença e de alguns dos tratamentos adotados. Para os familiares e para o próprio paciente, a internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) costuma causar muita ansiedade e aflição, principalmente quando as admissões são urgências não planejadas.

No entanto, um recente estudo coordenado pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) foi capaz de mostrar que os desfechos de pacientes oncológicos nas UTIs, de uma forma geral, melhoraram substancialmente nos últimos anos, com a mortalidade sendo reduzida progressivamente para vários tipos de câncer. A pesquisa se baseou em milhares de dados de pacientes acompanhados nas unidades de terapia da RDSL ao longo de 8 anos, e foi recém-publicada no Intensive Care Medicine, principal periódico científico da área de medicina intensiva.

Outras pesquisas de Big Data – análise e a interpretação de grandes volumes de dados – já demonstravam que a mortalidade em UTIs foi potencialmente reduzida nos últimos anos. Porém, a inovação da atual publicação não foi o seu foco no prognóstico da população oncológica, mas também a metodologia do estudo, que aplicou o método bayesiano para análise dos dados.

Informações de mais de 30 mil pacientes foram analisadas estatisticamente em um modelo onde os dados encontrados no estudo são avaliados com base em teorias prévias à coleta dos mesmos, o que resulta em uma série probabilidades que são novamente analisadas para chegar à uma conclusão. “O método bayesiano torna os resultados muito mais compreensíveis para o público médico, porque traz conclusões mais palatáveis, como ‘Qual é a probabilidade deste paciente sobreviver ou não?’”, explica o médico e primeiro autor do estudo, Dr. Fernando Zampieri, pesquisador do IDOR e do Hospital do Coração.

Além da metodologia aplicada, Dr. Zampieri informa que o estudo também se diferencia pelo rico e consistente banco de dados e o longo período de observação da pesquisa. Foi uma das maiores casuísticas já feitas com pacientes oncológicos na UTI. O período observado se estendeu de julho de 2011 a junho de 2019, e um total de 92 UTIs foram observadas em mais de 30 hospitais da Rede D’Or São Luiz (RDSL).

Além dos dados de mortalidade, os pesquisadores também avaliaram outros indicadores, como o tempo de estadia hospitalar e a necessidade de ventilação mecânica. Houve uma redução de 9,2% na mortalidade hospitalar ao longo dos 8 anos do estudo. Nas análises de subgrupos de pacientes, a maior redução de mortalidade (11%) foi observada nos pacientes que receberam ventilação mecânica. A estadia hospitalar também caiu da média de 21 dias para 12.

A pesquisa reconhece, contudo, a heterogeneidade dos pacientes oncológicos. Embora os resultados sejam certamente positivos para a maioria dos tipos de câncer estudados, os pacientes que possuíam doença metastática e comprometimento de performance previamente à internação não apresentaram uma melhora significativa em seus desfechos clínicos. A exposição desses dados também permite que outros estudos possam enxergar o cenário, buscando alternativas para melhorar o atendimento de tratamento de diversas populações oncológicas.

Escrito por Maria Eduarda Ledo

Quer receber as notícias do IDOR pelo WhatsApp? Clique aqui, salve o nosso número e mande uma mensagem com seu nome completo. Para cancelar, basta pedir!

Conteúdo Relacionado