TRANSFERÊNCIA EXTERNA: Curso Superior de Tecnologia em Radiologia

  • Processo seletivo

    R$ 50,00

  • Mensalidade

    • Colaboradores da Rede D’Or São Luiz  e Filhos – R$ 360,00/mês
    • ‍Público externo – R$ 636,00/mês
  • Política de Desconto

    5% de desconto para pagamentos até o 5º dia útil do mês

  • Pré-Inscrição

Ficha do curso

Período de Inscrição:

até 10/02/2020

Data da(s) aula(s):

03/02/2020

Horário e dias das aulas: De segunda a sexta das 19h00 às 22h

Carga Horária: 2.400 horas de atividades acadêmicas + 400 horas de estágio supervisionado

Duração: 03 anos

Local: Centro e Ensino e Treinamento IDOR - Rua Pinheiro Guimarães, 22 - Botafogo - Rio de Janeiro

Mais Informações:

Secretaria de Ensino:
De 2ª a 6ª, das 10h às 18h
Telefone: (21) 2323-7636
E-mail: vestibular@idor.org

Processo seletivo

1ª etapa: - 29/01/2020 16:00 - Enviar documentação para o e-mail vestibular@idor.org
2ª etapa: Entrevista presencial com a coordenação do curso - 03/02/2020 00:00 - Local: será informado por e-mail

Edital:Acesse o edital aqui


Sobre a Transferência Externa

Agora, na Faculdade de Ciências Médicas do IDOR, você tem a oportunidade de transferir o seu curso e de se formar na melhor Graduação de Tecnologia em Radiologia do Brasil e ter estágio garantido em um hospital da Rede D’Or São Luiz perto da sua casa!

O Processo Seletivo é composto por 2 (duas) etapas:

1ª Etapa: Envio das documentações discriminadas abaixo para o e-mail vestibular@idor.org até o dia 10de fevereiro de 2020 às 16 horas. O candidato deverá comprovar vínculo de registro com a Instituição de Ensino Superior (IES) de origem, ou seja, ter sua matrícula ativa, dentro dos prazos regimentais, constando o reconhecimento ou autorização de funcionamento do curso pelo MEC. Documentações a serem enviadas:

  • Histórico Escolar completo do curso de origem, contendo carga horária de cada unidade curricular (disciplina) cursada, inclusive estágio ou outras atividades, com as respectivas frequências e notas obtidas (no mesmo deve constar a forma de ingresso, nota e classificação);
  • Programas das disciplinas cursadas, fornecidas pela Instituição de origem, com autenticação da instituição para validação do Aproveitamento de Estudos;
  • Documento de identidade com foto e CPF;

2ª Etapa: Entrevista presencial. A coordenação do curso convocará para a entrevista, através de e-mail, os candidatos que estiverem aptos após a análise das documentações enviadas. Data da entrevista: a definir. O horário da entrevista será definido no momento da convocação via e-mail.

Por que fazer este curso no Instituto D’Or?

A Rede D’Or São Luiz tem sua história ligada ao diagnóstico por imagem. O Grupo Labs, que deu origem à Rede, surgiu em 1977, oferecendo serviços de ultrassonografia e ecocardiografia bidimensional, com médicos dedicados exclusivamente aos exames. Com esta longa experiência na área e com o enorme parque tecnológico em imagem desenvolvido, decidiu-se pela oferta do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia como o primeiro curso de graduação do IDOR, unindo experiência e inovação.

Por que cursar a graduação tecnológica?

A graduação tecnológica é um modelo de ensino superior com menor duração, quando comparada aos cursos tradicionais.

Os cursos superiores de tecnologia ou graduações tecnológicas são cursos de graduação plena como quaisquer outros cursos de licenciatura ou bacharelado. Seus diplomas têm validade nacional permitindo ao graduado ocupar cargos que exijam esse grau de escolaridade, fazer pós-graduações e disputar vagas em concursos públicos.

Quem pode fazer o curso?

Qualquer pessoa que já tenha concluído o Ensino Médio ou técnico e seja aprovada no processo seletivo.

Em que áreas um tecnólogo em radiologia pode atuar?

O tecnólogo em radiologia dá suporte a todos os procedimentos ligados a esta especialidade, garantindo a obtenção de imagens de alta qualidade com a menor exposição humana possível à radiação. Pode atuar em:

  • Clínicas de radiodiagnóstico
  • Clínicas de medicina nuclear
  • Serviços de radioterapia
  • Clínicas veterinárias
  • Hospitais
  • Laboratórios
  • Fabricantes e distribuidores de equipamentos médicos e hospitalares
  • Indústria petrolífera, mineradora, alimentícia e cosmética – portos e aeroportos

Que habilidades posso desenvolver com este curso?

  • Operar equipamentos de imagem, incluindo ressonância magnética, tomografia computadorizada e outros
  • Assessorar e supervisionar equipes de trabalho em serviços de imagem
  • Participar de grupos multiprofissionais com técnicos, médicos, enfermeiros, físicos, farmacêuticos, biólogos etc
  • Orientar e avaliar a correta utilização das técnicas radiográficas, reduzindo os riscos referentes à exposição às radiações
  • Avaliar e sugerir inovações tecnológicas, orientando a compra e a instalação de equipamentos
  • Desenvolver pesquisas na área
  • Atuar como docente em cursos técnicos e tecnológicos
  • Aplicar conceitos de radioproteção e controle de qualidade na rotina do serviço

Quais os diferenciais do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia do IDOR?

  • O IDOR faz parte da Rede D’Or São Luiz, a maior rede privada de hospitais do Brasil. Nossos alunos terão garantido o seu estágio curricular obrigatório
  • Nossos hospitais contam com infraestrutura completa, equipamentos modernos e equipes qualificadas, o que possibilitará aos alunos uma formação diferenciada
  • Nosso corpo docente é formado por reconhecidos especialistas da área, atuantes nas unidades do grupo
  • Além disso, há possibilidade futura de aproveitamento dos graduados como funcionários da Rede‍

Possibilidade de aproveitamento de competências práticas adquiridas em atividade profissional e disciplinas já cursadas em outros cursos. Saiba mais aqui.
OBS.: Sujeito a análise da coordenação acadêmica.

 


Coordenação

Taina Olivieri

Física Médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Física do Radiodiagnóstico e da Medicina Nuclear pela Associação Brasileira de Física Médica. Supervisora de Proteção Radiológica em Medicina Nuclear pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Mestre e Doutora em Radioproteção e Dosimetria pelo Instituto de Radioproteção e Dosimetria da CNEN. Atua como Tecnologista em Saúde Pública na Fundação Osvaldo Cruz. Coordenou o Serviço de Física Médica da Rede D’Or São Luiz entre 2010 e 2015 e hoje permanece como Supervisora de Radioproteção em Medicina Nuclear.