array(63) { ["SERVER_SOFTWARE"]=> string(6) "Apache" ["REQUEST_URI"]=> string(131) "/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["PHP_PATH"]=> string(24) "/opt/bitnami/php/bin/php" ["FREETDSLOCALES"]=> string(0) "" ["FREETDSCONF"]=> string(0) "" ["OPENSSL_ENGINES"]=> string(31) "/opt/bitnami/common/lib/engines" ["OPENSSL_CONF"]=> string(39) "/opt/bitnami/common/openssl/openssl.cnf" ["SSL_CERT_FILE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["CURL_CA_BUNDLE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["LDAPCONF"]=> string(42) "/opt/bitnami/common/etc/openldap/ldap.conf" ["GS_LIB"]=> string(43) "/opt/bitnami/common/share/ghostscript/fonts" ["MAGICK_CODER_MODULE_PATH"]=> string(60) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/modules-Q16/coders" ["MAGICK_CONFIGURE_PATH"]=> string(73) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/config-Q16:/opt/bitnami/common/" ["MAGICK_HOME"]=> string(19) "/opt/bitnami/common" ["PATH"]=> string(260) "/opt/bitnami/apps/wordpress/bin:/opt/bitnami/varnish/bin:/opt/bitnami/sqlite/bin:/opt/bitnami/php/bin:/opt/bitnami/mysql/bin:/opt/bitnami/letsencrypt/:/opt/bitnami/apache2/bin:/opt/bitnami/common/bin:/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/sbin:/bin" ["USER"]=> string(6) "daemon" ["HOME"]=> string(9) "/usr/sbin" ["SCRIPT_NAME"]=> string(10) "/index.php" ["QUERY_STRING"]=> string(0) "" ["REQUEST_METHOD"]=> string(3) "GET" ["SERVER_PROTOCOL"]=> string(8) "HTTP/1.0" ["GATEWAY_INTERFACE"]=> string(7) "CGI/1.1" ["REDIRECT_URL"]=> string(131) "/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["REMOTE_PORT"]=> string(5) "37364" ["SCRIPT_FILENAME"]=> string(44) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs/index.php" ["SERVER_ADMIN"]=> string(15) "[email protected]" ["CONTEXT_DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["CONTEXT_PREFIX"]=> string(0) "" ["REQUEST_SCHEME"]=> string(4) "http" ["DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["REMOTE_ADDR"]=> string(14) "54.233.237.186" ["SERVER_PORT"]=> string(2) "80" ["SERVER_ADDR"]=> string(11) "172.26.1.14" ["SERVER_NAME"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SERVER_SIGNATURE"]=> string(0) "" ["LD_LIBRARY_PATH"]=> string(410) "/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/varnish/lib:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish/vmods:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/common/lib64" ["HTTP_CF_IPCOUNTRY"]=> string(2) "US" ["HTTP_TRUE_CLIENT_IP"]=> string(13) "44.192.20.240" ["HTTP_CDN_LOOP"]=> string(10) "cloudflare" ["HTTP_CF_CONNECTING_IP"]=> string(13) "44.192.20.240" ["HTTP_ACCEPT_LANGUAGE"]=> string(14) "en-US,en;q=0.5" ["HTTP_ACCEPT"]=> string(63) "text/html,application/xhtml+xml,application/xml;q=0.9,*/*;q=0.8" ["HTTP_USER_AGENT"]=> string(40) "CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)" ["HTTP_CF_VISITOR"]=> string(22) "{\"scheme\":\"https\"}" ["HTTP_CF_RAY"]=> string(20) "85ac99dfdb8e0a7d-GRU" ["HTTP_ACCEPT_ENCODING"]=> string(4) "gzip" ["HTTP_X_AMZN_TRACE_ID"]=> string(40) "Root=1-65daa952-310ecfde120ff6543193b220" ["HTTP_X_FORWARDED_PORT"]=> string(3) "443" ["HTTP_CONNECTION"]=> string(5) "close" ["HTTP_X_FORWARDED_PROTO"]=> string(4) "http" ["HTTP_X_FORWARDED_FOR"]=> string(42) "44.192.20.240, 172.71.10.140, 10.247.47.86" ["HTTP_X_REAL_IP"]=> string(12) "10.247.47.86" ["HTTP_X_FORWARDED_HOST"]=> string(25) "www.rededorsaoluiz.com.br" ["HTTP_HOST"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SCRIPT_URI"]=> string(151) "http://54.225.48.228/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["SCRIPT_URL"]=> string(131) "/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["REDIRECT_STATUS"]=> string(3) "200" ["REDIRECT_SCRIPT_URI"]=> string(151) "http://54.225.48.228/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["REDIRECT_SCRIPT_URL"]=> string(131) "/instituto/idorestudo-revela-que-lesao-miocardica-em-pacientes-hipertensos-com-covid-19-esta-relacionada-a-disfuncoes-imunologicas/" ["FCGI_ROLE"]=> string(9) "RESPONDER" ["PHP_SELF"]=> string(10) "/index.php" ["REQUEST_TIME_FLOAT"]=> float(1708829010.4809) ["REQUEST_TIME"]=> int(1708829010) }

Estudo revela que lesão miocárdica em pacientes hipertensos com Covid-19 está relacionada a disfunções imunológicas

Pesquisadores identificaram marcadores imunológicos associados à lesão miocárdica

Estudo revela que lesão miocárdica em pacientes hipertensos com Covid-19 está relacionada a disfunções imunológicas

Pesquisadores identificaram marcadores imunológicos associados à lesão miocárdica

Pesquisadores do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), em parceria com colegas da Rede D’Or, do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/FIOCRUZ, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro publicaram na revista Journal of Clinical Immunology um estudo que revela alterações do sistema imunológico que podem estar envolvidas na lesão do músculo cardíaco em pacientes hipertensos com Covid-19. 

A lesão cardíaca, definida como elevação significativa da troponina cardíaca, é a anormalidade cardíaca mais frequentemente relatada em pacientes hospitalizados com Covid-19. Um estudo anterior do mesmo grupo de pesquisadores sugere que a dosagem de troponina é importante para melhorar a previsão do risco cardíaco nesses pacientes. 

Dentre as comorbidades associadas à Covid-19 e à lesão miocárdica, a hipertensão aparece com maior prevalência, e uma desregulação do sistema imunológico pode estar associada a essa complicação. O objetivo da pesquisa foi investigar o funcionamento do sistema imunológico destes pacientes e identificar marcadores biológicos que possam ajudar a entender melhor a lesão miocárdica. 

O estudo incluiu 193 pacientes hipertensos com Covid-19, divididos em dois grupos: 47 casos com lesão miocárdica e 146 sem lesão miocárdica (grupo controle). Foram realizadas análises comparativas entre os grupos, levando em consideração marcadores biológicos e subconjuntos de células imunes. Os resultados revelaram diferenças significativas nos perfis imunológicos entre os dois grupos. 

O grupo de pesquisa já havia demonstrado em um estudo anterior que as IL-12 (p70) e IL-10 obtidas na admissão hospitalar, junto com algumas comorbidades clínicas, podem ser marcadores biológicos associados ao aumento do agravamento da Covid-19 em pacientes hipertensos. De maneira geral, as citocinas consistem em grupos de proteínas, produzidas por muitos tipos celulares, que regulam a resposta imune no organismo. A tempestade de citocinas, ou seja, a hiperativação do sistema imunológico devido à infecção por SARS-CoV-2 pode gerar uma inflamação sistêmica. No presente estudo, as citocinas IL-ra, IFN-γ, MIP-1α, MIP-1β, IL-17A, TNF-α e TNF-β apresentaram níveis mais altos no grupo dos pacientes com lesão miocárdica em comparação com o controle. 

Outra característica importante no quadro de Covid-19 é a linfopenia, isto é uma redução dos linfócitos, células envolvidas na resposta imunológica, que está fortemente associada à progressão da gravidade da doença. Os pesquisadores constataram uma diminuição na contagem total de linfócitos, principalmente de linfócitos T nos pacientes com lesão miocárdica. Esse resultado estava de acordo com um estudo anterior, que identificou o comprometimento da imunidade regulada pelas células. Vale destacar que também foi observada uma ativação desregulada de subconjuntos específicos de células imunológicas NK e CD8+.  

Em resumo, os resultados deste estudo fornecem novos elementos para entender os possíveis mecanismos de lesão miocárdica em pacientes hipertensos com Covid-19. A desregulação imunológica, caracterizada por níveis alterados de citocinas e ativação de subconjuntos celulares imunes, parece desempenhar um papel importante nessa complicação, sendo fatores que podem ser úteis na previsão da lesão miocárdica em pacientes hipertensos com Covid-19. Essas descobertas contribuem para uma melhor compreensão da doença e podem auxiliar no desenvolvimento de estratégias de tratamento mais eficazes. 

Escrito por Manuelly Gomes
Supervisão: Dr. Claudio Ferrari

09.06.2023

Conteúdo Relacionado
Fale com a gente.