Cardiologia

Ressonância Magnética

Através da Ressonância Magnética (RM) são obtidas imagens do interior do corpo humano sem o uso de Raio-X ou outras formas de radiação ionizante.

Exames e Procedimentos relacionados

Como é feita a Ressonância Magnética?

Através da Ressonância Magnética (RM) são obtidas imagens do interior do corpo humano sem o uso de Raio-X ou outras formas de radiação ionizante. Para a realização deste exame, o paciente é colocado em um equipamento com campo magnético, onde são aplicadas ondas de radiofrequência, que produzem imagens com alto padrão de qualidade das mais diversas regiões do corpo.

O equipamento, em formato de tubo é extremamente seguro, com iluminação e ventilação adequados.

Quais são os tipos de ressonância magnética?

A ressonância magnética pode ser realizada em quase todo o corpo e com diferentes motivos.

Certos pacientes podem precisar de uma ressonância magnética na coluna ou de uma ressonância magnética na pelve. Existem ainda a ressonância magnética no joelho e a ressonância magnética no crânio. Dependendo do local do corpo em que o exame vai ser feito, um equipamento chamado “bobina” é colocado em cima do paciente, ampliando o campo magnético e melhorando a qualidade da imagem naquele local.

Outro tipo desse exame é a ressonância magnética com contraste. Nesse tipo de exame, o paciente é injetado com uma substância derivada do elemento químico gadolínio.

O gadolínio, quando exposto ao campo magnético do equipamento de ressonância, fica com uma cor bastante destacada, ajudando a realçar os detalhes de órgãos, estruturas anatômicas e até mesmo lesões, fazendo com que a ressonância magnética seja ainda mais detalhada e funcione como um verdadeiro auxílio no diagnóstico das condições físicas do paciente.