array(57) { ["SERVER_SOFTWARE"]=> string(6) "Apache" ["REQUEST_URI"]=> string(80) "/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["PHP_PATH"]=> string(24) "/opt/bitnami/php/bin/php" ["FREETDSLOCALES"]=> string(0) "" ["FREETDSCONF"]=> string(0) "" ["OPENSSL_ENGINES"]=> string(31) "/opt/bitnami/common/lib/engines" ["OPENSSL_CONF"]=> string(39) "/opt/bitnami/common/openssl/openssl.cnf" ["SSL_CERT_FILE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["CURL_CA_BUNDLE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["LDAPCONF"]=> string(42) "/opt/bitnami/common/etc/openldap/ldap.conf" ["GS_LIB"]=> string(43) "/opt/bitnami/common/share/ghostscript/fonts" ["MAGICK_CODER_MODULE_PATH"]=> string(60) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/modules-Q16/coders" ["MAGICK_CONFIGURE_PATH"]=> string(73) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/config-Q16:/opt/bitnami/common/" ["MAGICK_HOME"]=> string(19) "/opt/bitnami/common" ["PATH"]=> string(260) "/opt/bitnami/apps/wordpress/bin:/opt/bitnami/varnish/bin:/opt/bitnami/sqlite/bin:/opt/bitnami/php/bin:/opt/bitnami/mysql/bin:/opt/bitnami/letsencrypt/:/opt/bitnami/apache2/bin:/opt/bitnami/common/bin:/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/sbin:/bin" ["USER"]=> string(6) "daemon" ["HOME"]=> string(9) "/usr/sbin" ["SCRIPT_NAME"]=> string(10) "/index.php" ["QUERY_STRING"]=> string(0) "" ["REQUEST_METHOD"]=> string(3) "GET" ["SERVER_PROTOCOL"]=> string(8) "HTTP/1.0" ["GATEWAY_INTERFACE"]=> string(7) "CGI/1.1" ["REDIRECT_URL"]=> string(80) "/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["REMOTE_PORT"]=> string(4) "4512" ["SCRIPT_FILENAME"]=> string(44) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs/index.php" ["SERVER_ADMIN"]=> string(15) "you@example.com" ["CONTEXT_DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["CONTEXT_PREFIX"]=> string(0) "" ["REQUEST_SCHEME"]=> string(4) "http" ["DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["REMOTE_ADDR"]=> string(13) "15.229.25.218" ["SERVER_PORT"]=> string(2) "80" ["SERVER_ADDR"]=> string(13) "172.26.13.183" ["SERVER_NAME"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SERVER_SIGNATURE"]=> string(0) "" ["LD_LIBRARY_PATH"]=> string(410) "/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/varnish/lib:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish/vmods:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/common/lib64" ["HTTP_ACCEPT_ENCODING"]=> string(7) "br,gzip" ["HTTP_VIA"]=> string(64) "1.1 dfbe3a6f5b354f9a5f95a5a6814ce14e.cloudfront.net (CloudFront)" ["HTTP_X_AMZ_CF_ID"]=> string(56) "UqID0ar6NZ_oBrNnGGJ3FR6fPmEdDQ-ygOkuVa5HxtI1wf7ot19RiQ==" ["HTTP_USER_AGENT"]=> string(17) "Amazon CloudFront" ["HTTP_X_AMZN_TRACE_ID"]=> string(40) "Root=1-62f2c0bf-02a1b19a6927973e3c7668dc" ["HTTP_X_FORWARDED_PORT"]=> string(2) "80" ["HTTP_CONNECTION"]=> string(5) "close" ["HTTP_X_FORWARDED_PROTO"]=> string(4) "http" ["HTTP_X_FORWARDED_FOR"]=> string(44) "18.208.126.232, 64.252.68.201, 10.247.45.173" ["HTTP_X_REAL_IP"]=> string(13) "10.247.45.173" ["HTTP_X_FORWARDED_HOST"]=> string(25) "www.rededorsaoluiz.com.br" ["HTTP_HOST"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SCRIPT_URI"]=> string(100) "http://54.225.48.228/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["SCRIPT_URL"]=> string(80) "/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["REDIRECT_STATUS"]=> string(3) "200" ["REDIRECT_SCRIPT_URI"]=> string(100) "http://54.225.48.228/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["REDIRECT_SCRIPT_URL"]=> string(80) "/instituto/idorcovid-19-por-que-e-tao-dificil-prever-quem-vai-adoecer-ou-morrer/" ["FCGI_ROLE"]=> string(9) "RESPONDER" ["PHP_SELF"]=> string(10) "/index.php" ["REQUEST_TIME_FLOAT"]=> float(1660076224.0931) ["REQUEST_TIME"]=> int(1660076224) }

COVID-19: Por que é tão difícil prever quem vai adoecer ou morrer?

COVID-19: Por que é tão difícil prever quem vai adoecer ou morrer?

Apesar de idosos serem mais vulneráveis ao vírus, é nossa responsabilidade pensar em todas as possibilidades que permeiam o possível contágio.

O termo infecção condiz com a invasão de organismos capazes de provocar doenças em outro ser hospedeiro. Os sintomas decorrentes da doença COVID-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, afetam apenas entre 15 e 20% da população. Mas, prever quem vai se contaminar e apresentar sintomas leves ou graves depende de uma série de fatores que podem ter desdobramentos diferentes, é como, no escuro, passar a linha através do buraco da agulha.

Dados e previsões epidemiológicas mostram que idosos e outros grupos de risco como diabéticos, indivíduos com condições cardíacas pré-existentes e pessoas com doenças pulmonares têm maior probabilidade de vir a óbito a partir da infecção. Podemos citar aqui alguns fatores relevantes que podem influenciar no risco de contágio por coronavírus.

O primeiro aspecto é a carga viral à qual nos expomos, que corresponde proporcionalmente ao risco de contágio, ou seja, a quantidade de gotículas e, por consequência, carga viral contaminadas que uma pessoa aspira pode ou não resultar em contaminação. Quanto menos carga viral se inala, menores são as chances de infecção pelo organismo. Também, há de se considerar que a genética das populações é diferente; não sabemos como nossos corpos vão reagir a partir da contaminação; populações nativas tem imunidade diferente das pessoas de metrópole, o que pode resultar em respostas pós contaminação mais ou menos agressivas.

O terceiro ponto a se pensar é que as mutações de vírus podem ser mais ou menos virulentas, ou seja, podem variar na capacidade de se multiplicar dentro do hospedeiro e de causar uma doença. Também podem causar diferentes reações imunológicas. Sendo assim, uma cepa – mesmo descendente viral com ancestral comum – mais virulenta pode contaminar um ser humano de forma mais agressiva. Por fim, o status de imunidade da pessoa na hora do contato com o vírus. Pessoas com a imunidade mais debilitada são mais vulneráveis a se contaminar e desenvolver COVID-19. E quem quer se arriscar? É por essa razão que existem todas as medidas de contenção e de isolamento físico voluntário.

É impossível prever como o coronavírus vai reagir nas diferentes populações. Somam-se a todas essas incertezas o fato do vírus ser 10 vezes mais mortal que aquele responsável pela gripe H1N1 e de sua propagação ser muito rápida, enquanto sua desaceleração de contágio é mais vagarosa, como relatado por Tedros Adhanom, diretor geral da Organização Mundial de Saúde. Esses argumentos pesam fortemente para que estratégias de testagem da população sejam rapidamente planejadas e executadas, e que tenhamos organização nas políticas de contingenciamento nacional focadas em isolamento horizontal.

Escrito por Luiza Mugnol Ugarte

19.04.2020

Conteúdo Relacionado