array(57) { ["SERVER_SOFTWARE"]=> string(6) "Apache" ["REQUEST_URI"]=> string(78) "/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["PHP_PATH"]=> string(24) "/opt/bitnami/php/bin/php" ["FREETDSLOCALES"]=> string(0) "" ["FREETDSCONF"]=> string(0) "" ["OPENSSL_ENGINES"]=> string(31) "/opt/bitnami/common/lib/engines" ["OPENSSL_CONF"]=> string(39) "/opt/bitnami/common/openssl/openssl.cnf" ["SSL_CERT_FILE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["CURL_CA_BUNDLE"]=> string(52) "/opt/bitnami/common/openssl/certs/curl-ca-bundle.crt" ["LDAPCONF"]=> string(42) "/opt/bitnami/common/etc/openldap/ldap.conf" ["GS_LIB"]=> string(43) "/opt/bitnami/common/share/ghostscript/fonts" ["MAGICK_CODER_MODULE_PATH"]=> string(60) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/modules-Q16/coders" ["MAGICK_CONFIGURE_PATH"]=> string(73) "/opt/bitnami/common/lib/ImageMagick-6.9.8/config-Q16:/opt/bitnami/common/" ["MAGICK_HOME"]=> string(19) "/opt/bitnami/common" ["PATH"]=> string(260) "/opt/bitnami/apps/wordpress/bin:/opt/bitnami/varnish/bin:/opt/bitnami/sqlite/bin:/opt/bitnami/php/bin:/opt/bitnami/mysql/bin:/opt/bitnami/letsencrypt/:/opt/bitnami/apache2/bin:/opt/bitnami/common/bin:/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/sbin:/bin" ["USER"]=> string(6) "daemon" ["HOME"]=> string(9) "/usr/sbin" ["SCRIPT_NAME"]=> string(10) "/index.php" ["QUERY_STRING"]=> string(0) "" ["REQUEST_METHOD"]=> string(3) "GET" ["SERVER_PROTOCOL"]=> string(8) "HTTP/1.0" ["GATEWAY_INTERFACE"]=> string(7) "CGI/1.1" ["REDIRECT_URL"]=> string(78) "/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["REMOTE_PORT"]=> string(5) "52430" ["SCRIPT_FILENAME"]=> string(44) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs/index.php" ["SERVER_ADMIN"]=> string(15) "you@example.com" ["CONTEXT_DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["CONTEXT_PREFIX"]=> string(0) "" ["REQUEST_SCHEME"]=> string(4) "http" ["DOCUMENT_ROOT"]=> string(34) "/opt/bitnami/apps/wordpress/htdocs" ["REMOTE_ADDR"]=> string(13) "15.229.25.218" ["SERVER_PORT"]=> string(2) "80" ["SERVER_ADDR"]=> string(13) "172.26.13.183" ["SERVER_NAME"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SERVER_SIGNATURE"]=> string(0) "" ["LD_LIBRARY_PATH"]=> string(410) "/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/varnish/lib:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish:/opt/bitnami/varnish/lib/varnish/vmods:/opt/bitnami/sqlite/lib:/opt/bitnami/mysql/lib:/opt/bitnami/apache2/lib:/opt/bitnami/common/lib:/opt/bitnami/common/lib64" ["HTTP_ACCEPT_ENCODING"]=> string(7) "br,gzip" ["HTTP_VIA"]=> string(64) "1.1 613a9db04d23967014b7c42269dc1c12.cloudfront.net (CloudFront)" ["HTTP_X_AMZ_CF_ID"]=> string(56) "UkiFsptdE05xXrJ2Y75-WmCNBxJrjNqAaFbOAXrZBEaheolqqdVaJg==" ["HTTP_USER_AGENT"]=> string(17) "Amazon CloudFront" ["HTTP_X_AMZN_TRACE_ID"]=> string(40) "Root=1-62fd8bbb-02ab13a915b3afad0420b6a2" ["HTTP_X_FORWARDED_PORT"]=> string(2) "80" ["HTTP_CONNECTION"]=> string(5) "close" ["HTTP_X_FORWARDED_PROTO"]=> string(4) "http" ["HTTP_X_FORWARDED_FOR"]=> string(40) "3.239.4.127, 64.252.66.46, 10.247.44.157" ["HTTP_X_REAL_IP"]=> string(13) "10.247.44.157" ["HTTP_X_FORWARDED_HOST"]=> string(25) "www.rededorsaoluiz.com.br" ["HTTP_HOST"]=> string(13) "54.225.48.228" ["SCRIPT_URI"]=> string(98) "http://54.225.48.228/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["SCRIPT_URL"]=> string(78) "/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["REDIRECT_STATUS"]=> string(3) "200" ["REDIRECT_SCRIPT_URI"]=> string(98) "http://54.225.48.228/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["REDIRECT_SCRIPT_URL"]=> string(78) "/instituto/idorprojecao-de-transmissao-do-sars-cov-2-no-periodo-pos-pandemico/" ["FCGI_ROLE"]=> string(9) "RESPONDER" ["PHP_SELF"]=> string(10) "/index.php" ["REQUEST_TIME_FLOAT"]=> float(1660783547.858) ["REQUEST_TIME"]=> int(1660783547) }

Projeção de transmissão do SARS-CoV-2 no período pós-pandêmico

Projeção de transmissão do SARS-CoV-2 no período pós-pandêmico


Estudo estima como será o cenário após passarmos pela quarentena da pandemia.

A pandemia da COVID-19 trouxe grandes desafios para a saúde mundial. Mesmo as nações com melhor estrutura para atender à população estão sofrendo as consequências desta pandemia. Até agora, sem vacina ou um remédio garantido para o combate efetivo da doença, governos focam suas medidas em testagens, quarentenas e tratamentos com as ferramentas disponíveis em seus sistemas de saúde. No entanto, alguns países como China e Coreia do Sul já têm seguido estratégias de relaxamento do isolamento social, à medida que conseguiram diminuir a transmissão do vírus SARS-CoV-2.

Os Planos de contenção e liberação dependem de alguns fatores, como a variação de transmissão do vírus ao longo das estações, a duração da imunidade da população recuperada e o desenvolvimento sazonal de vacinas contra o vírus. Nesta semana, o periódico científico Science publicou um artigo que identificou os fatores virais, ambientais e imunológicos que determinarão a dinâmica de contaminação do SARS-CoV-2 pós-pandemia. Para simular a transmissão deste coronavírus, os pesquisadores calcularam modelos matemáticos de transmissão do período atual até 2025.

Através da análise de dados de outros coronavírus, o estudo foi capaz de estimar o possível comportamento do SARS-CoV-2 ao longo das estações do ano. Além do novo coronavírus, o modelo dinâmico também utilizou os vírus HCoV-OC43 e HCoV-HKU1 para inferir como as medidas de distanciamento social deveriam se comportar quanto à duração e intensidade nos próximos anos.

Dentre os principais achados, a pesquisa afirma que, primeiro, o SARS-CoV-2 é capaz de se proliferar em qualquer estação do ano; segundo, se a imunidade do SARS-CoV-2 não for permanente, o vírus entrará em circulação constante, assim como ocorre com os dois outros citados no parágrafo acima; terceiro, a alta variação sazonal na transmissão culmina em menores picos de incidência durante o início da onda pandêmica, mas maior recorrência em surtos posteriores; quarto, se a imunidade do SARS-CoV-2 for permanente, o vírus poderia desaparecer por 5 anos ou mais, depois do surto principal; e por fim, os baixos níveis de imunidade cruzada de outros coronavírus poderiam mitigar a contaminação do SARS-CoV-2, e o mesmo ressurgiria apenas em 2024.

O estudo calculou diferentes cenários até 2025, sem levar em conta o uso de medicamentos que poderiam mitigar a intensidade do surto; ou seja, as voltas mais ou menos fortes de surtos do coronavírus SARS-CoV-2 dependerão da efetividade de vacinas, da duração da imunidade da população e de tratamentos eficazes para a COVID-19. Enquanto isso, pesquisas para o desenvolvimento de vacinas e tratamentos são mandatórias, além da execução de testes sorológicos na população para entender quanto tempo a imunidade do vírus se mantém naqueles recuperados da infecção.

Escrito por Luiza Mugnol Ugarte

17.04.2020

Conteúdo Relacionado