Câncer de Bexiga

Câncer de bexiga

O que é câncer de bexiga?

A bexiga é um dos componentes do sistema urinário, sendo responsável por armazenar a urina que é produzida pelos rins. Quando parte das células da bexiga começa a crescer e a se multiplicar de forma desordenada, sem respeitar a estrutura do órgão, dizemos que o paciente possui câncer de bexiga.

Todos os tumores da bexiga crescem a partir do seu interior. A principal diferenciação que se faz no câncer na bexiga é quanto ao estágio da doença em que se apresenta, que determina se o tumor invade a parede da bexiga ou se estende para outros órgãos.

O que causa o câncer de bexiga?

Os fatores de risco para o câncer de bexiga podem ser agrupados em 3 categorias: as anormalidade genéticas, as exposições a agentes químicos e a irritação crônica (por infecções ou presença de cateteres). A ação dos agentes químicos é reconhecido como o fator de risco de maior relevância no desenvolvimento desta doença, incluindo o uso de tabaco e a exposição a corantes, nitritos, nitratos e aminas aromáticas.

Quais são os sintomas de câncer na bexiga?

O câncer de bexiga possui sintomas que são bastante parecidos com os de outras doenças e condições médicas que podem afetar a região. Para descartar (ou confirmar) a doença, é preciso realizar exames e testes complementares.

Entre os possíveis  sintomas do câncer de bexiga podemos destacar:

– presença de sangue na urina;
– dor forte ao urinar;
– sentir vontade de urinar e não conseguir;
– incontinência urinária;
– sensação de dor ou ardência ao urinar;
– mudanças no fluxo de urina;
– inchaço nos pés;
– dor nas costas ou dor na pelve;
– fadiga constante; e
– perda de peso.

Como é o diagnóstico de câncer de bexiga?

O diagnóstico do câncer de bexiga é feito pela análise de material colhido da bexiga. Exames de imagem costumam ser necessários para avaliar a extensão da doença no corpo e reconhecer eventuais locais de metástase do tumor.

Frequentemente, a cistoscopia, tipo de exame em que um instrumento médico com uma câmera na ponta é inserido no paciente para ver o interior de sua cavidade corporal, é realizada para confirmar a doença, colher materiais para análise (biópsia) e iniciar o tratamento dos tumores mais superficiais.

Qual é o tratamento para câncer de bexiga?

O câncer de bexiga pode ser tratado por meio de cirurgia, sendo que os casos mais graves podem exigir  a retirada total da bexiga. Nesses casos, frequentemente o órgão é substituído por um novo órgão (neobexiga), criado à partir de trechos do intestino. Alguns procedimentos para remover o tumor que afeta a bexiga podem ser feitos via uretra, sendo menos invasivos do que as cirurgias tradicionais. Radioterapia e quimioterapia também podem ser aliadas no combate ao câncer de bexiga.

A Oncologia D’Or realiza mais de 20.000 tratamentos médicos oncológicos de excelência por mês, em 5.000 pacientes passando pelo processo de superação do câncer.

A Oncologia D’Or está presente nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Ceará, Tocantins, Bahia e Maranhão.