Câncer de Próstata

O que é o câncer de próstata?

Um câncer é classificado como um crescimento desordenado e acelerado de células em uma determinada área do corpo. Quando esse câncer surge na próstata, a glândula que produz esperma e líquido seminal no homem, ele é chamado de câncer de próstata.

A boa notícia é que esse é um dos tipos de câncer com maior taxa de sobrevida em até 5 anos após o diagnóstico da doença. Cerca de 100% dos casos de câncer de próstata têm cura.

 

Quais são os fatores de risco para o câncer de próstata?

O câncer de próstata costuma atingir pacientes de mais idade, sendo mais comumente detectado em pacientes com 65 anos ou mais. Por conta disso, o principal fator de risco do câncer de próstata é a idade avançada. Fatores genéticos, como pai, avós e irmãos tendo câncer de próstata também entram como um fator de risco para esse tipo de doença.

Além desses dois itens, os fatores de risco para o câncer, no geral, também podem aumentar as chances de desenvolver esta doença. São eles: tabagismo, alcoolismo, sedentarismo, excesso de peso e exposição excessiva a agentes cancerígenos como a radiação, o amianto, o asbesto, os agrotóxicos e os hidrocarbonetos, por exemplo.

 

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

O câncer de próstata costuma ser uma doença silenciosa. Muitas vezes, os pacientes que estão ainda no início da doença (fase em que o início do tratamento ajuda em uma recuperação mais rápida e efetiva) podem não apresentar nenhum sintoma.

 

Os sintomas do câncer de próstata já em estado avançado podem incluir:

  • Dificuldade de urinar, inclusive com dor ou ardência;
  • sentir vontade mais frequente de urinar;
  • diminuição da potência do jato de urina;
  • dor óssea;
  • impotência sexual;
  • presença de sangue no sêmen ou na urina;
  • incontinência urinária; e
  • insuficiência renal.

 

Como nem todo paciente pode apresentar esses sinais, é essencial a realização anual do exame de próstata, conduzido pelo médico urologista. Esse exame consegue ajudar o paciente a detectar a doença em sua fase inicial, facilitando a realização do tratamento. Outros exames de imagem também conseguem ajudar o médico na hora de detectar essa condição.

Vale lembrar que a presença desses sintomas não equivale, necessariamente, a um diagnóstico de câncer de próstata, sendo necessário realizar acompanhamento médico para remover toda e qualquer dúvida.

 

Como é o diagnóstico do câncer de próstata?

O diagnóstico do câncer de próstata é feito por meio do exame de toque retal, que é rápido e indolor. Geralmente, o exame físico é complementado com um exame de sangue, que avalia a dosagem de PSA, um tipo de componente que aparece  em níveis bastante elevados quando o câncer está presente.

Biópsias e outros exames de imagem também podem ser solicitados para fechar o diagnóstico do câncer de próstata. Geralmente, esse diagnóstico é feito pelo médico urologista.

 

Como é feito o tratamento do câncer de próstata?

O tratamento do câncer de próstata costuma ser decidido pelos médicos urologista e oncologista, em conjunto. Os tratamentos sempre são feitos para aquele paciente em específico, seguindo seu estadiamento.

Geralmente, é feito um procedimento cirúrgico de remoção total ou parcial da próstata, por vezes utilizando até mesmo os recursos da cirurgia robótica. Também podem ser feitos tratamentos com radioterapia, além de terapia hormonal.

A Oncologia D’Or é uma rede de mais de 40 clínicas, espalhadas pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Tocantins, Ceará e Bahia. 

Por mês, a Oncologia D’Or realiza mais de 20.000 atendimentos médicos de excelência para os pacientes diagnosticados com câncer.