Câncer de Pâncreas

Câncer de pâncreas

O que é câncer de pâncreas?

O pâncreas é um essencial do corpo humano, sendo responsável por produzir e secretar substâncias que ajudam na digestão dos alimentos, além de auxiliar na regulagem dos níveis de açúcar no sangue, por meio da produção e liberação de insulina e glucagon.

Quando o pâncreas apresenta em uma de suas áreas (o órgão é tradicionalmente dividido em três partes: cabeça, corpo e cauda) um crescimento acelerado e desordenado de um grupo de células consideradas anormais, diz-se que o paciente possui câncer de pâncreas.

Geralmente, essa doença tem um caráter bastante agressivo e de evolução rápida, sendo que seu diagnóstico costuma acontecer de forma tardia.

 

O que causa câncer de pâncreas?

O câncer de pâncreas não possui causas exatas e definidas. Entre os fatores de risco reconhecidos encontram-se o tabagismo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e comidas gordurosas, a obesidade e a exposição a agrotóxicos e outros agentes cancerígenos. Outras doenças que afetam o pâncreas, como a pancreatite crônica e o diabetes, também podem causar uma maior predisposição ao desenvolvimento do câncer de pâncreas.

 

Quais são os sintomas de câncer no pâncreas?

O câncer no pâncreas pode ser uma doença bastante silenciosa e de difícil detecção. Alguns de seus sintomas podem incluir:

– dor abdominal;
– perda de apetite e de peso;
– fraqueza;
– icterícia, ou seja, olhos e pele amarelada;
– coceira na pele;
– escurecimento da urina;
– fezes de cor clara;
– dores nas costas;
– cansaço;
– náuseas, vômitos e diarreia após as refeições; e
– aumento da vesícula biliar.

Os sintomas de câncer de pâncreas são bastante similares aos de outras doenças que atingem a região do pâncreas e das vias biliares. Para obter um diagnóstico preciso e correto da doença, é preciso consultar um médico que fará os exames e testes necessários para comprovar o câncer.

Como o câncer de pâncreas é diagnosticado?

O câncer de pâncreas é diagnosticado por meio de exames de imagem que podem incluir: tomografia computadorizada, ressonância magnética e ultrassom de abdômen.

Como o órgão está localizado atrás do estômago, sua visualização pode ser mais complicada e demandar vários  exames de imagem. Uma vez que é encontrada alguma anormalidade no tecido do pâncreas, como um nódulo, podem ser necessárias biópsias para comprovar ou não o diagnóstico de câncer de pâncreas e planejar o tratamento da doença.

Como é o tratamento do câncer de pâncreas?

De forma geral, o tratamento do câncer de pâncreas é definido de acordo com  sua extensão para outros órgãos e a possibilidade de remoção completa da doença.

A remoção cirúrgica completa do câncer aumenta a chance de cura.A cirurgia robótica pode ser indicada. Tratamentos adicionais à cirurgia (adjuvante) podem ser indicados, de acordo com as características da doença e condições do paciente. 

Nos casos mais avançados, o tratamento frequentemente indicado é a quimioterapia sistêmica. 

A Oncologia D’Or possui mais de 40 clínicas especializadas em oferecer tratamento contra o câncer de excelência e qualidade. A Oncologia D’Or está presente nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Tocantins, Ceará, Maranhão e Bahia.