Câncer de Pulmão

Câncer de pulmão

O que é câncer de pulmão?

O câncer de pulmão é um dos mais incidentes no mundo e pode ou não estar relacionado ao tabagismo. De forma geral, existem dois tipos principais, o câncer de pequenas células, que ocorre em geral em tabagistas e o não pequenas células. Estas informações são obtidas através da análise de um fragmento do tumor, através de uma biópsia ou cirurgia e são fundamentais para definir o tratamento. Em geral, a idade mediana do diagnóstico é 70 anos. 

Quais os principais fatores de risco para o câncer de pulmão?

O tabagismo é o principal fator de risco para desenvolvimento do câncer de pulmão. Porém, é possível observar que a cessação do hábito de fumar diminui o risco de desenvolver câncer ao longo do tempo.

Outros fatores de risco para o câncer de pulmão podem ser:

– exposição excessiva à poluição;
– exposição a agentes cancerígenos como asbesto, amianto, cromo, radônio, entre outros.

Como prevenir o câncer de pulmão?

A prevenção ao câncer de pulmão pode ser feita evitando ou interrompendo o tabagismo. A detecção precoce deste tipo de câncer já demonstrou que leva a diminuição da mortalidade por esta doença. Em determinados pacientes tabagistas ou ex-tabagistas, a realização de tomografias de tórax de baixa dose de radiação seriadas demonstraram tal benefício. 

Manter um estilo de vida saudável, com a realização de exercícios físicos e de uma alimentação de qualidade também são formas de se evitar qualquer tipo de câncer.

Quais são os sintomas do câncer de pulmão?

Os sintomas do câncer de pulmão são similares aos de outras doenças e condições que podem afetar o sistema respiratório, de forma geral. Em caso de suspeita, o melhor a se fazer é visitar o médico pneumologista, que saberá como dar procedimento à investigação.

Os sintomas do câncer de pulmão são variados e inespecíficos e podem incluir:

– tosse persistente;
– tosse com sangramento;
– dor no peito;
– rouquidão;
– fadiga constante;
– falta de ar e
– perda de peso e de apetite de forma rápida e súbita.

Como é o diagnóstico do câncer de pulmão?

A suspeita diagnóstica de câncer de pulmão é feita após uma avaliação médica cuidadosa. A partir disso podem ser solicitados exames de imagem como a tomografia de tórax para se confirmar a suspeita.

Se encontrado algum achado anormal, pode ser indicada a realização de uma biópsia por meio de uma broncoscopia, guiada por tomografia ou através de uma cirurgia para confirmar o diagnóstico. Através de análises adicionais da biópsia é possível determinar o tipo específico de câncer de pulmão e determinar o tratamento mais indicado.

Outros exames podem ser solicitados para determinar o estadiamento da doença como PET CT (tomografia guiada por emissão de pósitrons) e ressonância magnética de crânio, entre outros.

Como é o tratamento do câncer de pulmão?

O tratamento efetivo do câncer de pulmão é determinado pela extensão da doença (estadiamento), tipo de tumor e condição do paciente, como por exemplo, a função pulmonar do mesmo. Uma avaliação feita por um time multidisciplinar, composto por  cirurgiões torácicos, pneumologistas, oncologista e radiologistas é fundamental para decidir como será abordado o tipo de câncer de pulmão do paciente.

Os pacientes podem ser tratados por cirurgia, para remover a região afetada, um dos lados do pulmão ou até mesmo todo o órgão, além de quimioterapia, radioterapia e terapia-alvo.

A Oncologia D’Or é uma rede de mais de 40 clínicas, ambulatórios e hospitais preparados para oferecer tratamento de excelência na Oncologia. Ao todo, 20.000 atendimentos médicos são feitos por mês pela Oncologia D’Or, sempre buscando a recuperação total do paciente.