Câncer de Vias Biliares

Câncer de vias biliares

O que é câncer de vias biliares?

Bastante raro, o câncer de vias biliares afeta o sistema de dutos que conectam o fígado e a vesícula biliar ao duodeno, que é a porção seguinte do tubo digestório, logo após o  estômago.

O câncer de vias biliares é reconhecido quando o paciente apresenta  um crescimento acelerado e desordenado de células consideradas anormais, que tem origem nos ductos biliares.

Normalmente, o câncer de vias biliares é dividido em duas categorias: intra-hepáticos e extra-hepáticos. Os intra-hepáticos acontecem quando a doença atinge os ductos biliares presentes no interior do fígado, enquanto os extra-hepáticos são aqueles que pegam qualquer via biliar que esteja fora do órgão.

Quais são os sintomas de câncer de vias biliares?

Esse câncer é difícil de ser detectado nos estágios iniciais, sendo que os sintomas apresentados por ele normalmente estão associados a obstruções nas vias biliares, que acontecem quando a doença já está um pouco mais avançada.

Os sintomas de câncer de vias biliares podem incluir:

– icterícia, ou seja; pele e olhos amarelados;
– coceira por todo o corpo;
– dor abdominal;
– febre;
– perda de peso;
– perda de apetite;
– fraqueza;
– urina escurecida;
– fezes esbranquiçada; e
– náuseas e vômitos.

Vale lembrar que esses sintomas também podem ser indicativos de outros tipos de câncer, além de outras doenças que afetam o sistema digestório. É importante realizar o acompanhamento médico para ter um diagnóstico preciso e correto.

Como é o diagnóstico de câncer nas vias biliares?

De forma geral, o diagnóstico de câncer de vias biliares é feito por meio de exames de imagem aliados a testes laboratoriais, como exames de sangue e de urina, além de possíveis biópsias.

Como é o tratamento do câncer de vias biliares?

Este câncer pode ser tratado por meio de cirurgia. No caso do câncer de vias biliares intra-hepáticos, um transplante de fígado pode ser recomendado para fazer parte do tratamento.

Os recursos terapêuticos, como a quimioterapia e a radioterapia, podem ser usados para aliviar os sintomas do paciente, além de diminuir o tamanho do câncer antes da realização de uma cirurgia.

Nos casos de câncer nas vias biliares em fases mais avançadas, pode ser realizado, em conjunto com o tratamento normal, cuidados paliativos que podem ajudar a diminuir os sintomas experienciados pelo paciente. Quando diagnosticado ainda em seus estágios iniciais, o câncer das vias biliares tem maiores chances de cura.

A Oncologia D’Or possui uma rede de mais de 40 clínicas espalhadas pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Ceará, Tocantins, Maranhão e Bahia. Por mês, a Oncologia D’Or realiza mais de 20.000 atendimentos oncológicos de excelência.