Ginecologia

Ginecologia

Os cuidados com a saúde da mulher, em todas as fases de sua vida, são conduzidos pela Ginecologia. É a especialidade que atua tanto na prevenção quanto no tratamento de doenças que acometem os órgãos genitais femininos.

Marcar Consulta

O que é ginecologia?

A ginecologia é o ramo da medicina especializado na saúde feminina. Os médicos que possuem esse tipo de especialização atuam principalmente com os órgãos reprodutores do sexo feminino.

É o médico ginecologista o responsável por fazer o tratamento preventivo e o diagnóstico de condições que podem acometer o útero, as tubas uterinas e os ovários. A ginecologia também trata as partes externas do corpo feminino, como as mamas e a vulva.

Uma mulher pode procurar um médico ginecologista quando apresentar sintomas como cólicas fortes, ciclos menstruais irregulares e até problemas como crescimento excessivo de pelos, ganho de peso e desconforto nas mamas próximo ao período menstrual.

É recomendado que a primeira visita ao ginecologista seja feita logo após o primeiro ciclo menstrual, para que o acompanhamento médico da paciente possa ser iniciado.

Os problemas mais comuns tratados por um médico ginecologista são:

– Ciclo menstrual irregular: quando o ritmo de menstruação sofre alguma mudança, seja por fator medicamentoso ou hormonal

– DSTs: As doenças sexualmente transmissíveis podem ser causadas por vírus ou bactérias, e as mais comuns são: HIV/Aids, sífilis, gonorreia, HPV, herpes (genital e labial), entre outras

– Câncer do colo do útero: é uma lesão invasiva intrauterina ocasionada principalmente pelo HPV, o papilomavírus humano

– Endometriose: é uma doença em que o tecido endometrial cresce fora do útero e pode aparecer nas paredes das tubas uterinas, bexiga e ovários

– Ovário policístico: se caracteriza por uma doença endócrina que causa variações nos níveis hormonais das mulheres que podem resultar em cistos de variados tamanhos nos ovários

– Câncer de mama: é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, que se multiplicam muito rapidamente e formam um tumor. O câncer de mama é o tipo de doença mais comum entre as mulheres no mundo. Essa é uma patologia que atinge mais mulheres dos 35 aos 65 anos, mas se descoberta com antecedência pode ser tratada. Por isso é importante investir no autoexame e na visita regular ao médico

– Dismenorreia ou cólica: Devido à liberação acima do normal de uma substância chamada prostaglandina, há um aumento das contrações no músculo uterino, aliado à circulação sanguínea prejudicada, e isso faz com que as mulheres sintam dores que prejudicam o seu cotidiano

– Menopausa: é quando os ciclos menstruais e ovulatórios se encerram, pois a mulher para de produzir hormônios femininos nos ovários. E em decorrência disso sentem muito calor, encontram dificuldade para dormir e têm severas variações de humor.

Quando a ginecologia trata mulheres que estão gestantes, a especialidade passa a ser denominada ginecologia e obstetrícia.

Em caso de nódulos ou irregularidades nas mamas, o médico ginecologista pode atuar em conjunto com um mastologista para determinar o tratamento ideal, de acordo com o diagnóstico do paciente.

Para descobrir o que uma paciente possui, muitas vezes é preciso realizar exames complementares, como o Papanicolau, a citologia e a microflora vaginal, além do ultrassom de pelve, de mamas e transvaginal. Para realizar todos esses exames em uma única localidade, o ideal é procurar por clínicas de ginecologia que permitam ao paciente realizar todos esses checkups complementares.

Por vezes, o tratamento cirúrgico pode ser necessário para tratar de condições ginecológicas. São procedimentos como aqueles realizados para tratar a endometriose e a histeroscopia, um tipo de microcirurgia na qual um aparelho com uma câmera é inserido dentro do interior do útero para averiguar suas condições internas.

A ginecologia é uma das vertentes da Medicina que mais faz o uso de cirurgias robóticas para o tratamento das condições médicas do paciente.

Os hospitais da Rede D’Or São Luiz realizaram mais de 4 mil cirurgias robóticas por ano, sendo que a rede hospitalar possui mais de 80 mil médicos especializados nas mais diferentes vertentes da Medicina, inclusive a ginecologia.

A cada ano, acontecem cerca de 30 mil nascimentos dentro dos hospitais e instituições da Rede D’Or São Luiz.