Cardiologia

Cardiologia

A especialidade que cuida do coração e de outros componentes do sistema circulatório.

MARCAR CONSULTA

O que é Cardiologia?

É a especialidade que cuida do coração e de outros componentes do sistema circulatório. Para os casos de baixa complexidade, ou ainda sem diagnóstico definido, o cardiologista geral irá fazer a avaliação do quadro clínico do paciente e solicitar exames de imagem complementares para que possa identificar a melhor conduta. Dependendo do resultado, outros profissionais de subespecialidades podem ser acionados para uma assistência multidisciplinar para tratamento de arritmia, insuficiência cardíaca e/ou coronariana, colocação de marcapasso e cirurgia cardíaca.

Seja na prevenção ou no tratamento de doenças cardíacas, a Rede D’Or São Luiz dispõe de equipes altamente qualificadas, infraestrutura de ponta e equipamentos de última tecnologia. Toda a assistência é integrada e acompanhada por rigorosos protocolos e indicadores de qualidade, garantindo a excelência do cuidado das doenças do coração.

A Rede D’Or São Luiz oferece medicina diagnóstica para as diferentes especialidades cardiológicas, com a disponibilidade de consultas médicas e realização de exames de imagem e laboratoriais que contribuem no diagnóstico e tratamento das doenças cardiovasculares.

Além disso, os hospitais têm atendimento especializado em dor torácica nas unidades de emergência, aptos ainda à realização de procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e acompanhamento assistencial em modernas unidades de cuidados cardiológicos intensivos, que associam toda a expertise do corpo clínico com as inovações tecnológicas.

Protocolos Internacionais

A Rede D’Or São Luiz tem implementado protocolos internacionais de assistência que ajudam a reduzir o tempo de internação e aumentar a sobrevida dos pacientes. Das 39 unidades hospitalares, 30 já operam com este regulamento que tem como objetivo padronizar a qualidade do atendimento, garantindo que os pacientes recebam os mesmos cuidados em qualquer uma das unidades.

Estes protocolos resultam de um estudo a partir das melhores práticas reconhecidas internacionalmente e, respeitando a individualidade de cada caso, padronizam o atendimento na emergência para casos com sintomas de arritmias, síncope e dor torácica, visando a melhor assistência e tratamento clínico. Além disso, garantem uma prática clínica com qualidade e segurança ao paciente.

Os protocolos são diretrizes assistenciais sobre como agir nas quatro principais áreas da cardiologia: arritmia, doença coronariana, insuficiência cardíaca e cardio-oncologia. Toda a equipe médica e de enfermagem dos hospitais foram submetidas a treinamentos intensos, que serão refeitos a cada seis meses, garantindo a continuidade do processo. E, os cuidados vão além do ambiente hospitalar, pois os protocolos preveem, inclusive, orientações para o paciente pós-alta, o que reduz a ocorrência de reinternação desnecessária.

A ação compreende a criação de um banco de dados com informações de todos os hospitais. Assim a Rede D’Or será a primeira do país a ter um banco de dados de atendimentos cardiológicos, permitindo uma visão global e mais detalhada sobre a qualidade do atendimento, e contribuindo para a melhoria contínua da assistência.