Tratamento de Miocardiopatia

Tratamento de Miocardiopatia

Miocardiopatia ou cardiomiopatia é uma doença do músculo cardíaco (miocárdio) que compromete o bombeamento correto de sangue para todo o organismo.

Miocardiopatia ou cardiomiopatia é uma doença do músculo cardíaco (miocárdio) que compromete o bombeamento correto de sangue para todo o organismo. Pode ser causada por fatores genéticos e hereditários ou por outras doenças que afetam diretamente o coração, como a Doença de Chagas. 

A miocardiopatia pode ser classificada como:

  • miocardiopatia isquêmica, quando o músculo do coração é afetado porque recebe menos sangue (isquemia) em decorrência da obstrução de artérias coronarianas;
  • miocardiopatia não isquêmica, não associada a doença coronariana;
  • miocardiopatia periparto, doença rara que ocorre no final da gravidez, geralmente após a 36ª semana de gestação.

A miocardiopatia isquêmica recebe ainda outras três classificações:

  • miocardiopatia dilatada, quando o coração se encontra aumentado, flácido, perdendo a força de contração necessária para bombear e levar sangue ao corpo;
  • miocardiopatia hipertrófica, nos casos em que as paredes do coração apresentam tamanho aumentado, com pouco espaço para o conteúdo de sangue nos ventrículos;
  • miocardiopatia restritiva, quando um tecido cicatricial ou substâncias estranhas se acumulam no miocárdio, provocando aumento da espessura da parede ventricular.

 

Sintomas

Os sintomas de miocardiopatia podem variar conforme tipo e gravidade da doença. Dentre os mais comuns estão:

– fadiga;

– fraqueza;

– falta de ar;

– tosse;

– inchaço dos pés e pernas;

– dor no peito;

– frequência cardíaca irregular. 

 

Como tratar

O tratamento de miocardiopatia deve ser indicado pelo cardiologista conforme o tipo da doença e as necessidades do paciente. Mudança de hábitos e estilo de vida, medicamentos e, nos casos mais graves, cirurgia são alguns dos tratamentos mais comuns. 

A Rede D’Or São Luiz possui hospitais, clínicas, consultórios e ambulatórios médicos presentes nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia. Em seu quadro de funcionários, a Rede D’Or São Luiz conta com mais de 87 mil médicos capacitados para oferecer atendimento médico de excelência.