Atividades Lúdicas

Brinquedoteca

O Hospital da Criança possui um calendário de atividades lúdicas para os pequenos internados, uma estratégia importante para proporcionar às crianças que enfrentam internações momentos de conforto, descontração e prazer, diminuindo os traumas desse período e promovendo o bem-estar dos pacientes, de seus familiares e, consequentemente, a recuperação e a antecipação da alta hospitalar.

Confira abaixo algumas das ações promovidas pelo Hospital da Criança, todas sempre acompanhadas por profissionais da área de Psicologia e equipe assistencial.

Cine Pipoca: todas às segundas-feiras as crianças são convidadas para uma sessão de cinema infantil com pipoca, onde elas se emocionam e vibram com os longo e curta-metragem assistidos.

Aulas de culinária: às quartas-feiras, as crianças se divertem aprendendo culinária e confeitaria, sempre supervisionadas, usando motes divertidos e temáticos, tais como cupcakes enfeitados, chocolates na época da Páscoa, bolo próximo ao Dia das Mães e Dia dos Pais etc.

Instituto Cão Terapeuta: na última terça-feira de cada mês, a unidade recebe a visita dos lindos cães da Ong/Oscip Instituto Cão Terapeuta, um projeto independente que promove saúde e qualidade de vida a pessoas em situação de vulnerabilidade por meio da Intervenção Assistida por Animais.

Contadores de histórias: quinzenalmente, alunos voluntários de uma ONG, promovem sessões de teatros infantis contando diversas estórias, por vezes usando fantoches, interagindo e conquistando os sorrisos das crianças.

Viva e Deixe Viver: o hospital recebe os contadores de história voluntários dessa Oscip, que fomentam a educação e a cultura por meio de leituras à beira-leito, incluindo pacientes na UTI, visando transformar a internação hospitalar de crianças e adolescentes em um momento mais alegre e terapêutico.

Narizes de Plantão: os alunos voluntários desse projeto de extensão de uma  Universidade parceira visitam, todos os sábados, as crianças que estão passando por atendimento no pronto-socorro e as internadas nos leitos e na UTI, levando a arte dos palhaços para modificar o ambiente hospitalar e trazer momentos de alegrias.