Transplante

Transplante de Medula Óssea

Conteúdo disponível em breve.

Quando é necessário transplante de medula óssea?

O transplante de medula óssea é indicado para casos de algumas doenças que acometem o sangue, cerca de 80 patologias, incluindo linfomas, mielomas múltiplos e doenças autoimunes. Entre as mais comuns, pode-se citar a leucemias (na maioria de seus tipos, como a mieloide aguda, mieloide crônica e a linfóide aguda) e a anemia aplástica grave, assim como outras anemias adquiridas ou congênitas.

Como é feito o transplante de medula óssea?

Uma das perguntas mais frequentes é “como é feito o transplante de medula óssea”. Como a medula óssea não é um órgão sólido, visto que é um tecido líquido-gelatinoso rico em células-tronco, encontrado no interior dos ossos, o transplante é diferente da maioria dos outros. O paciente receptor, após sessões de quimioterapia e/ou radioterapia, é submetido a uma transfusão que substitui a medula-óssea doente por células-tronco sadias. Este procedimento pode acontecer com células de um doador (transplante de medula óssea alogênico) ou do próprio paciente (transplante de medula óssea autólogo).

ESPECIALIDADE RELACIONADA: Transplante