Medicina Intensiva

Acreditamos que o atendimento de pacientes graves pode ser continuamente aperfeiçoado a partir do estudo minucioso do que acontece nas UTIs.

O IDOR coordena e participa de estudos multicêntricos na área de medicina intensiva, cujo objetivo primordial é avaliar como é o atendimento dos pacientes críticos e propor soluções para aprimorá-lo. Entre os principais temas de pesquisa nesta área estão a sepse, as epidemias e as doenças emergentes; a resistência bacteriana nos espaços hospitalares; a morte hospitalar e a análise da eficiência em serviços de saúde.

Nossa equipe também realiza investigações em temas mais específicos, como a oferta de cuidados intensivos a pacientes com câncer e imunossuprimidos, as doenças respiratórias nas UTIs e a disfunção cerebral aguda e o delirium em pacientes críticos.

Pesquisadores

  • Fernando Bozza

    Médico e mestre em ciências biológicas pela UFRJ. Fez doutorado em biologia celular e molecular na Fiocruz e pós-doutorado na Universidade de Utah (EUA). Hoje, é pesquisador da Fiocruz e coordenador do Laboratório de Inflamação e Metabolismo do INCT de Biologia Estrutural e Bioimagem (INBEB) e da Rede Brasileira de Pesquisa em Medicina Intensiva. Trabalha com temas como sepse e inflamação sistêmica, disfunção cerebral aguda, arboviroses e pneumonias. ÁP: Medicina intensiva (coordenador)

  • Jorge Salluh

    Médico pneumologista e intensivista, com mestrado e doutorado na UFRJ. Pesquisador 1B do Cnpq e Jovem cientista do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). É docente do programa de Pós-graduação do IDOR e da UFRJ. No IDOR, desenvolve pesquisas na área de medicina intensiva, incluindo temas como pneumonia, sepse, biomarcadores, cuidados intensivos no paciente com câncer, delirium, estratificação de risco e análise de prognóstico em pacientes internados em UTIs. Área de pesquisa: Medicina intensiva

  • Marcio Soares

    Médico intensivista com graduação pela Unirio, residência, mestrado e doutorado pela UFRJ. Atualmente, é docente colaborador na UFRJ e na Unesc, além de diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Epimed Solutions. No IDOR, realiza pesquisas clínicas em medicina intensiva, com destaque para pesquisa com grandes bases de dados, análise de prognósticos, avaliação de performance e eficiência em UTIs e cuidados intensivos no paciente com câncer. Área Pesquisa: Medicina intensiva