Medicina Intensiva

Acreditamos que o atendimento de pacientes graves pode ser continuamente aperfeiçoado a partir do estudo minucioso do que acontece nas UTIs.

O IDOR coordena e participa de estudos multicêntricos na área de medicina intensiva, cujo objetivo primordial é avaliar como é o atendimento dos pacientes críticos e propor soluções para aprimorá-lo. Entre os principais temas de pesquisa nesta área estão a sepse, as epidemias e as doenças emergentes; a resistência bacteriana nos espaços hospitalares; a morte hospitalar e a análise da eficiência em serviços de saúde.

Nossa equipe também realiza investigações em temas mais específicos, como a oferta de cuidados intensivos a pacientes com câncer e imunossuprimidos, as doenças respiratórias nas UTIs e a disfunção cerebral aguda e o delirium em pacientes críticos.

Pesquisadores

  • Fernando Bozza

    Médico e mestre em ciências biológicas pela UFRJ. Fez doutorado em biologia celular e molecular na Fiocruz e pós-doutorado na Universidade de Utah (EUA). Hoje, é pesquisador da Fiocruz e coordenador do Laboratório de Inflamação e Metabolismo do INCT de Biologia Estrutural e Bioimagem (INBEB) e da Rede Brasileira de Pesquisa em Medicina Intensiva. Trabalha com temas como sepse e inflamação sistêmica, disfunção cerebral aguda, arboviroses e pneumonias. ÁP: Medicina intensiva (coordenador)

  • Jorge Salluh

    Médico pneumologista e intensivista, cursou a graduação na Universidade Gama Filho e, em seguida, residência, mestrado e doutorado na UFRJ. É docente da UFRJ e médico do Instituto Nacional de Câncer. No IDOR, desenvolve pesquisas na área de medicina intensiva, incluindo temas como pneumonia, sepse, biomarcadores, cuidados intensivos no paciente com câncer, delirium, estratificação de risco e análise de prognóstico em pacientes internados em UTIs. Área de pesquisa: Medicina intensiva

  • Marcio Soares

    Médico intensivista com graduação pela Unirio, residência, mestrado e doutorado pela UFRJ. Atualmente, é docente colaborador na UFRJ e na Unesc, além de diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Epimed Solutions. No IDOR, realiza pesquisas clínicas em medicina intensiva, com destaque para pesquisa com grandes bases de dados, análise de prognósticos, avaliação de performance e eficiência em UTIs e cuidados intensivos no paciente com câncer. Área Pesquisa: Medicina intensiva