Ortopedia Pediátrica

Ortopedia Pediátrica

É a subespecialidade da Ortopedia e da Pediatria que trabalha na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de condições que possam afetar o sistema locomotor, inclusive ossos, articulações, tendões e músculos de bebês, crianças e adolescentes.

O que é ortopedia pediátrica?

Também chamada de pediatria ortopédica, a ortopedia pediátrica é a subespecialidade da Ortopedia e da Pediatria que trabalha na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de condições que possam afetar o sistema locomotor, inclusive ossos, articulações, tendões e músculos de bebês, crianças e adolescentes.

Essa é a principal fase de desenvolvimento do corpo humano. É na infância que sofremos os estirões de crescimento que vão nos permitir possuir uma certa altura e realizar diversos movimentos e atividades físicas. É nessa fase também que, por sermos mais ativos nas brincadeiras e recreações, acontecem acidentes como quedas e tombos, que podem ocasionar fraturas, luxações e contusões. Estes são tratados, geralmente, na emergência de ortopedia pediátrica.

Para fazer o acompanhamento médico e tratar de qualquer anormalidade, existe a ortopedia pediátrica.

Certas alterações físicas que podem atrasar o desenvolvimento do sistema locomotor, impedindo, por exemplo, que a criança aprenda a andar e a correr, também são tratadas pela pediatria ortopédica. É o caso dos problemas nos pés, como o pé chato e o pé torto, deformidades angulares nos joelhos, displasia nos quadris, além de condições na coluna vertebral, como a escoliose e a cifose, que causam problemas de postura.

É comum sentir dor nas articulações e juntas durante a adolescência, por conta do período de crescimento. Se as dores forem excessivas e impedirem o indivíduo de realizar suas atividades cotidianas, como ir à escola e praticar esportes, o ideal é visitar um médico da pediatria ortopédica para saber se está tudo dentro da normalidade.

Condições de maior gravidade, como a paralisia infantil e as malformações congênitas, devem obrigatoriamente realizar acompanhamento médico com os especialistas em ortopedia pediátrica.

Programas de reabilitação infantil, que englobam os conhecimentos também da fisioterapia estão presentes para auxiliar no desenvolvimento de crianças e adolescentes que possuam qualquer tipo de anormalidade física detectada pela pediatria ortopédica.

A Rede D’Or São Luiz possui hospitais, ambulatórios, consultórios médicos e institutos de ortopedia pediátrica, inclusive para atendimentos emergenciais, espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Sergipe, Maranhão e Bahia.
Ao todo, são 87 mil médicos que fazem parte da Rede D’Or São Luiz, inclusive especialistas em ortopedia pediátrica, sendo que os mesmos sempre passam por atualizações oferecidas por instituições de renome, como a Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica.