Angioressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intra Cranianos)

O exame estuda a circulação sanguínea do cérebro e do encéfalo.

O que é Angiorressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intracranianos)?

A angiorressonância magnética, também chamada de angiografia por ressonância magnética, é um exame para observar artérias e veias de forma não invasiva, avaliando estruturas do sistema vascular através da emissão de ondas magnéticas. 

No caso da Angiorressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intracranianos), o exame estuda a circulação sanguínea do cérebro e do encéfalo.

Com a Angiorressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intracranianos) é possível diagnosticar trombose venosa cerebral, pesquisar aneurismas e malformações das veias do crânio, como o aneurisma da ampola de galena. 

Também conhecido por: angio rm arterial e venosa do crâniocc, angio rm do crânio, angiorresonância magnética arterial e venoso do cranio, angiorresonância magnética do crânio, angiorm do encéfalo, angiorm dos vasos intracranianos, angiorm encefálico, angiorresonância arterial e venosa de cérebro, angiorresonância de artérias e veias intracranianas, angiorresonância de snc, angiorresonância de vasos cerebrais (arteriais e venoso), angiorresonância do encéfalo, angiorresonância dos vasos intracraniano, angiorresonância encefálico, ressonância de vaso vessel wall de artéria basilar.

 

Como é feito o exame Angiorressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intracranianos)?

Na angiorressonância magnética, o paciente deita em maca, que desliza para dentro de um aparelho circular, a máquina de ressonância magnética. 

Esse aparelho é composto por um imã gigante que capta imagens do corpo. O exame não é recomendado para portadores de marca-passo, implantes auditivos ou fragmentos metálicos.

 

Para que serve o Exame Angiorressonância Magnética Arterial de Crânio (Vasos Cerebrais, Intracranianos)?

Com a angiorressonância magnética é possível diagnosticar condições relacionadas ao sistema vascular, bem como perceber estenose, estreitamento de vaso sanguíneo que dificulta a passagem de sangue.

Também é possível detectar oclusões, entupimento completo, além de aneurismas, anomalias anatômicas, malformações e complicações vasculares que podem acontecer depois de cirurgias de grande porte.

Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência. A Rede D’Or São Luiz está presente nos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Distrito Federal, de Pernambuco, do Maranhão, de Sergipe e da Bahia.

Exames e Procedimentos relacionados