Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular

Trata-se de um exame da articulação esternoclavicular. A região liga o tronco à clavícula e conta com poucos ossos para se sustentar, dependendo de fortes ligamentos para sua estabilidade.

O que é Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular?

A Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular é o exame da articulação esternoclavicular. A região liga o tronco à clavícula e conta com poucos ossos para se sustentar, dependendo de fortes ligamentos para sua estabilidade. Problemas nesta região são raros, mas, quando se desconfia de qualquer patologia, é importante solicitar o exame de ressonância magnética articular de esternoclavicular, o que deve conter a solicitação do lado esquerdo ou direito a ser avaliado.

Como é feito o exame de Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular?

O exame Ressonância Magnética Articula de Esternoclavicular é realizado em uma máquina, conhecida como magneto. Tem formato de cilindro com abertura nas duas pontas e maca no meio. No exame, o paciente deita na maca, que entra na máquina.
É aplicado contraste intravenoso, com o objetivo de facilitar a visualização das imagens geradas pelo aparelho. O exame não utiliza radiação ionizante, mas qualquer patologia anterior ou qualquer tratamento clínico deve ser informado ao médico radiologista, que faz a avaliação. O exame é contraindicado em:

  • Grávidas de até 3 meses.
  • Na insuficiência renal.
  • Implantes de metal.
  • O preparo para exame deve ser combinado e inclui:
  • Chegar ao local com antecedência.
  • Usar roupas confortáveis, sem materiais metálicos, como zíper ou botões.
  • Não usar adereços metálicos, como brincos, pulseiras, relógios e piercings.
  • Jejum de água e comida.

Para que serve o exame de Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular?

O Exame de Ressonância Magnética Articular de Esternoclavicular é solicitado pelo médico na hipótese de lesão na região dos ombros, traumáticas ou não.
As lesões traumáticas mais comuns são provindas de trauma esportivo ou acidente de carro, que devem ser diagnosticados com agilidade. Já lesões não traumáticas envolvem:

  • Subluxação ou luxação espontânea da articulação EC, que ocorre pelo movimento errado do ombro.
  • Osteoartrose da articulação esternoclavicular, em idosos.
  • Infecção da articulação esternoclavicular, de aparecimento súbito e pode estar associada a outra doença.
  • Hiperostose esternoclavicular – aparecimento de ossos nas regiões moles da clavícula, costelas e esterno.
  • Doença de Friedrich, muito rara e pouco conhecida, como presença de dor e líquido na região.

A Rede D’Or possui hospitais espalhados por 6 estados brasileiros. Todas as instituições possuem selos de qualidade nacionais e internacionais, como o que é oferecido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que são uma garantia de excelência no atendimento hospitalar.
Ao todo, são mais 80 mil médicos das mais diversas especialidades, disponíveis para auxiliar no tratamento e no diagnóstico de condições diversas.

Prazo de entrega

O prazo pode variar de acordo com a unidade. Por favor, entre em contato conosco pelo telefone (71) 3281-6000 para confirmar o prazo.

Cobertura

Para informações sobre cobertura, acesse a nossa página de Planos e Convênios.

Preços e pagamento

Pagamento particular

Para informações sobre valores de exames, entre em contato conosco pelo telefone (71) 3281-6000.

Exames e Procedimentos relacionados