Cardiologia

Cardiologia

Esta especialidade cuida do coração e de outros componentes do sistema circulatório.

O que é Cardiologia?

Voltada para o estudo, prevenção e tratamento das doenças do coração, a Cardiologia trata de doenças como Insuficiência Cardíaca, Miocardite, Arritmias, entre outras que atingem milhares de pessoas no mundo todo, incluindo bebês. As patologias podem surgir nas primeiras semanas de vida ou se desenvolverem com o tempo.

A fisiologia cardíaca pode ser afetada por diferentes sistemas:

  • – O primeiro é o muscular, ou seja, a parte que contrai e descontrai;
  • – O segundo é o valvar, composto por válvulas que separam as cavidades cardíacas, fazendo com que o sangue circule;
  • – O terceiro é o sistema automático de condução, que controla o ritmo cardíaco;
  • – O quarto é o sistema de nutrição, que é constituído pelas artérias coronárias;
  • – O quinto é o sistema nervoso, que é formado por milhões de células que ficam principalmente na entrada das veias pulmonares e cavas.

O calibre dos vasos, as válvulas e cavidades cardíacas, por exemplo, precisam estar funcionando corretamente, com precisão para garantir a circulação sanguínea de todo o organismo. Quando algo não vai bem, o corpo pode dar sinais de alerta, como dor no peito, falta de ar, tontura, desmaio, cansaço excessivo, entre outros.

 

A Sociedade Brasileira de Cardiologia lista algumas das doenças cardiovasculares mais comuns da especialidade:

  • – Endocardite: doença provocada pelo acometimento do endocárdio, membrana que reveste a parede interna do coração e as válvulas cardíacas;
  • – Insuficiência Cardíaca: síndrome clínica caracterizada pela incapacidade do coração de atuar adequadamente como bomba, comprometendo o funcionamento do organismo;
  • – Miocardite: inflamação do músculo do coração, proveniente, em geral, de um quadro viral, que pode levar a insuficiência cardíaca e arritmias;
  • – Arritmia: alterações elétricas que provocam modificações no ritmo das batidas do coração, fazendo com que sejam mais lentas ou mais rápidas do que o normal;
  • – Doença Aterosclerótica: causa de grande parte dos acidentes cardiovasculares, a aterosclerose caracteriza-se pela presença de placas de colesterol no interior de uma artéria.
  • – Prolapso da válvula mitral: doença que leva a um espessamento dos tecidos presentes nas válvulas, o que pode levar a arritmias e insuficiência cardíaca.

Para cada patologia ou área envolvida da doença cardíaca pode haver um profissional especialista apto a ajudar no tratamento de casos crônicos e agudos, fazendo o acompanhamento e auxiliando na prevenção e recuperação do paciente. Entre algumas subespecialidades da Cardiologia, estão profissionais como o cardiointensivista, cardiologista pediátrico, hemodinamicista, cirurgião cardíaco, entre outros.

Os hospitais da Rede D’Or São Luiz estão presentes nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão e Bahia. Juntos, formam a Cardiologia D’Or, maior rede de clínica de cardiologia, hospital de cardiologia e cuidado de emergência cardiovascular do Brasil.

 

Alguns estudos desenvolvidos pela Cardiologia D’Or em parceria com outros institutos do coração:

  • – Arritmia Cardíaca: análise genética de pacientes e seus familiares para identificar alterações genéticas, variantes ou mutações nas células cardíacas;
  • – Doença de Chagas: uso de imagem molecular para entender os mecanismos envolvidos na gênese de arritmias ventriculares;
  • – Câncer: uso de células-tronco para avaliar a relação entre quimioterapia e fibrose do músculo cardíaco.
  • – População: estudo do perfil demográfico e epidemiológico do brasileiro a partir de dados sobre a incidência de emergências cardiovasculares, taxa de hospitalização, fatores de risco e resultados do tratamento.