Arritmologia

Arritmologia

O coração é um dos órgãos mais vitais do corpo humano. Seu bom funcionamento garante que o sangue chegue ao cérebro, aos outros órgãos, aos membros e extremidades, permitindo que a pessoa realize atividades físicas diversas a cada uma de suas batidas.Quando, por alguma razão, as batidas do coração não têm um ritmo definido, ou batem mais rápido (taquicardia) ou mais devagar (bradicardia) do que deveriam, dá-se a essa condição o nome de arritmia.

O que é arritmologia?

O coração é um dos órgãos mais vitais do corpo humano. Seu bom funcionamento garante que o sangue chegue ao cérebro, aos outros órgãos, aos membros e extremidades, permitindo que a pessoa realize atividades físicas diversas a cada uma de suas batidas.

Quando, por alguma razão, as batidas do coração não têm um ritmo definido, ou batem mais rápido (taquicardia) ou mais devagar (bradicardia) do que deveriam, dá-se a essa condição o nome de arritmia.

A arritmologia é uma subespecialização da Cardiologia que tem como enfoque realizar o diagnóstico da arritmia, sua prevenção e também o tratamento médico para evitar que ela atrapalhe a vida do indivíduo ou paciente passando pelo tratamento.

Em boa parte dos casos, a arritmia não apresenta sintomas evidentes, sendo que, por vezes, ela se apresenta na forma de sudorese constante, palidez, tontura, palpitações e desmaios. Em alguns casos mais críticos, a arritmia pode apresentar, inclusive, paradas cardíacas.

Para que o paciente tenha um diagnóstico preciso e correto, a especialidade médica da arritmologia faz uso de exames diversos, como holter, em que o paciente fica com um aparelho medidor de pressão arterial portátil e de batimentos cardíacos preso ao seu corpo durante 24 horas, realizando medições e aferimentos a cada hora. Existem ainda exames como o eletrocardiograma e o ultrassom do coração, que permitem visualizações mais precisas dos batimentos cardíacos.

A arritmologia consegue indicar o melhor tipo de tratamento para tratar dessas condições sendo que, por vezes, pode ser necessária a realização de implantes de marca-passo e outros, que ajudam a regular os batimentos cardíacos. É o médico arritmologista o responsável por fazer a cirurgia e acompanhar o paciente depois da realização do procedimento.

Outras opções de tratamento trabalhadas pela arritmologia incluem o cardiodesfibrilador (CDI) e o ressincronizador, que também é usado para tratar da insuficiência cardíaca.

A Rede D’Or São Luiz possui hospitais espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão e Bahia. No último ano, mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência foram realizados, sendo que a Rede D’Or São Luiz possui 87 mil médicos, incluindo os especializados na arritmologia.