Cirurgia de Cotovelo

Cirurgia de Cotovelo

Além do tratamento medicamentoso e da realização de fisioterapia e de exercícios de reabilitação, por vezes é necessário realizar uma cirurgia de cotovelo para recuperar essa articulação.

O que é cirurgia de cotovelo?

O cotovelo é uma das articulações mais delicadas e sofisticadas do corpo humano. É ele que permite que realizemos movimentos básicos, que nos permitem digitar, comer, escrever, dirigir, levantar peso e praticar exercícios físicos diversos.

É por conta desse caráter polivalente que o cotovelo também fica sujeito a condições como fraturas, inflamações e fissuras. Além do tratamento medicamentoso e da realização de fisioterapia e de exercícios de reabilitação, por vezes é necessário realizar uma cirurgia de cotovelo para recuperar essa articulação.

Cada cirurgia no cotovelo é singular, ou seja, seu tratamento depende diretamente do quadro clínico do paciente que será tratado. Muitas vezes, são realizados exames de imagem como o Raio-X, a ressonância magnética e o ultrassom da articulação para se obter um diagnóstico preciso.

Em alguns casos da cirurgia de cotovelo, pode ser necessário implantar parafusos e travas, para facilitar que a articulação se cure com mais firmeza e até mesmo passar o pós-operatório da cirurgia de cotovelo com o braço engessado.

Uma outra modalidade da cirurgia de cotovelo é a artroscopia, que é feita com o auxílio de uma pequena câmera, que é inserida na articulação por meio de uma incisão, para que o médico consiga visualizar a situação interna e realizar reparos de forma menos invasiva.

O tempo de recuperação após uma cirurgia de cotovelo também varia de acordo com o paciente e o seu quadro. Além disso, pode ser que o indivíduo precise fazer sessões de fisioterapia ou um acompanhamento médico extenso com outras áreas médicas, como a Medicina Esportiva, para prevenir que acidentes que requerem cirurgia aconteçam novamente.

Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 229 mil procedimentos cirúrgicos.
Seus hospitais estão espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Sergipe, Maranhão e Bahia.