Cardiologia

Medicina Fetal

A medicina fetal é uma subespecialidade da ginecologia e da obstetrícia que realiza o acompanhamento da gestação, com foco especial no feto.

O que é medicina fetal?

A medicina fetal é uma subespecialidade da ginecologia e da obstetrícia cujo objetivo é realizar todo o acompanhamento da gestação, com enfoque especial no feto.

Por meio de exames e testes, a medicina fetal acompanha o crescimento do feto e a gravidez inteira, com o objetivo de  prevenir condições e doenças diversas, além de realizar correções e procedimentos enquanto o feto ainda está na barriga, como forma de auxiliar na saúde do bebê e da mãe.

 

Quais exames fazem parte da medicina fetal?

Vários exames fazem parte da medicina fetal. De modo geral, qualquer exame relacionado à gestação pode fazer parte da medicina fetal.  Até mesmo o Beta-HCG, o exame que confirma a gravidez, acaba sendo incluído no guarda-chuva dessa subespecialidade médica.

Os principais exames da medicina fetal são as ultrassonografias e existem diversos tipos. Entre elas, podemos destacar o ultrassom morfológico que justamente faz o acompanhamento do crescimento do feto, checando o feto em busca de anomalias genéticas, além de seu tamanho e suas proporções. 

Outro tipo é o ultrassom em 4D, que oferece uma imagem detalhada e tridimensional de todo o corpo do feto, permitindo ver detalhes como o nariz e os dedos das mãos, por exemplo.

O perfil bioquímico materno é outro exame da medicina fetal, que também ajuda a detectar possíveis anomalias genéticas, enquanto o dopplervelocimetria é um exame cuja responsabilidade é avaliar o fluxo sanguíneo em pontos como o cordão umbilical e o próprio corpo do feto.

Outro exame da medicina fetal é o perfil biofísico fetal, que avalia os movimentos fetais, além de servir também para checar o estado e a saúde do líquido amniótico.  O ecocardiograma fetal checa a saúde do coração do feto, enquanto a amniocentese checa a saúde geral do líquido amniótico.

Nem sempre todos esses exames são necessários para o bom acompanhamento de uma gravidez. Tudo vai depender da saúde e do histórico médico da mãe, sendo que cada gravidez é única e o médico é quem vai indicar que testes da medicina fetal são necessários para auxiliar naquela gestação específica.

Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência. A Rede D’Or São Luiz está presente nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia.