Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons

Este exame serve para detectar, por meio da espectroscopia, certas patologias que alteram a bioquímica cerebral, como a doença de Alzheimer e Parkinson, além de alguns tumores.

Sinônimos

  • ESPECTROSCOPIA DE PRÓTONS POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DE CRÂNIO
  • ESPECTROSCOPIA POR RM

O que é Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons?

A Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons é uma técnica que mede a quantidade de algumas substâncias químicas em pontos específicos do sistema nervoso central.
O exame gera gráficos que medem a quantidade das substâncias.

Como é feito o exame Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons?

O exame de Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons é feito no equipamento de ressonância magnética, que se assemelha a um tubo, em que há uma maca. O paciente deita-se na maca, que irá deslizar para dentro do equipamento. O exame, então, começa a ser feito, por meio da captação de imagens em alta definição por meios de ondas de radiofrequência

Por conter poderoso imãs para a captação das imagens, portadores de marcapasso ou neuroestimulador não devem realizar o exame.

Pacientes que utilizam clipes de aneurisma ou implante coclear, devem realizar exame de imagem para verificação e avaliação do material de implante.

É importante também informar material metálico no corpo ao técnico responsável pelo exame. O médico deve avaliar se é necessário contraste para o procedimento. Pacientes com problemas de função renal, diabéticos, hipertensos, lúpus ou com mais de 60 anos devem apresentar exames de creatinina recentes.

 

Para que serve o Exame Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons?

O exame de Ressonância Magnética do Crânio com Espectroscopia de Prótons serve para detectar, por meio da espectroscopia, certas patologias que alteram a bioquímica cerebral, como a doença de Alzheimer e Parkinson, além de alguns tumores.

A Rede D’Or possui hospitais espalhados por 6 estados brasileiros. Todas as instituições possuem selos de qualidade nacionais e internacionais, como o que é oferecido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que são uma garantia de excelência no atendimento hospitalar.
Ao todo, são mais 80 mil médicos das mais diversas especialidades, disponíveis para auxiliar no tratamento e no diagnóstico de condições diversas.

Prazo de entrega

O prazo pode variar de acordo com a unidade. Por favor, entre em contato com sua unidade de preferência para confirmar o prazo.

Cobertura

Para informações sobre cobertura, acesse a nossa página de Planos e Convênios.

Preços e pagamento

Pagamento particular

Para informações sobre valores de exames, entre em contato com a sua unidade de preferência.

Exames e Procedimentos relacionados