Alzheimer

O que é alzheimer?

O alzheimer é uma doença neurodegenerativa que também pode ser chamada de mal de alzheimer.

Essa é uma doença com evolução, sendo que o paciente que é diagnosticado com ela vai perdendo, aos poucos, certas funções do cérebro, como aquelas que tratam de sua memória, de suas habilidades linguísticas, de sua habilidade de pensamento abstrato e até mesmo de sua capacidade de cuidar de si mesmo. De modo geral, a progressão do alzheimer pode levar de 8 a 12 anos.

Isso acontece porque há um problema no cérebro, relacionado ao processamento de proteínas. Se antes essas proteínas eram utilizadas e eliminadas de forma devida, agora seus restos ficam entre os neurônios. Por serem tóxicos, esses pedaços de proteína acabam fazendo com que os neurônios parem de funcionar da forma correta. Dependendo da região do cérebro onde o neurônio para de atuar, é que o paciente passa a perder determinadas funções. Se isso acontece no hipocampo, por exemplo, é a memória do paciente que é afetada.

Essa é uma doença caracterizada como crônica, pois quem recebe seu diagnóstico convive com ele diariamente. O alzheimer não tem cura, sendo que podem ser usados medicamentos para tratar de certos sintomas que são causados por ele, como a agressividade. Além disso, o alzheimer pode evoluir para outra condição, como a demência.

O alzheimer tem esse nome em homenagem ao neurologista alemão Alois Alzheimer, que foi o primeiro médico a descrever essa patologia, com seus sintomas e detalhes.

De forma geral, o mal de alzheimer atinge aos pacientes de mais idade, sendo que menores de 65 anos de idade também podem ter a doença. Nesses casos, a condição é chamada de alzheimer precoce.

O alzheimer não é hereditário, mas alguns casos de alzheimer precoce podem passar de geração em geração, sendo necessário um acompanhamento mais ativo e enérgico.

 

Quais são os sintomas de alzheimer?

Os sintomas do alzheimer são separados por fases, já que as etapas da doença envolvem quadro clínicos diferentes.

O primeiro estágio, de forma geral, também é quando se apresentam os primeiros sintomas do alzheimer. Nessa fase, o paciente pode demonstrar:

– Comprometimento da memória, até mesmo para atividades que acabaram de acontecer;
– Dificuldade de aprendizado;
– Se perder em locais familiares;
– Dificuldade para tomar decisões;
– Perda de interesse nas atividades que antes eram prazerosas;
– Mudanças de humor;
– Alteração na personalidade e
– Mudanças nas habilidades visuais e espaciais.

 

Na segunda fase do Alzheimer, o paciente:

– Apresenta dificuldade de falar;
– Deixa de conseguir morar sozinho;
– Pode ter alucinações;
– Pode se perder até mesmo dentro de casa;
– Repete constantemente as mesmas perguntas;
– Apresenta agressividade;
– Apresenta problemas de coordenação motora, que acarretam em dificuldades para realizar tarefas simples e
– Apresenta agitação constante.

 

A terceira fase do alzheimer pode abarcar:

– Incontinência urinária e fecal;
– Dificuldade para se alimentar e engolir;
– Comportamento inapropriado em público;
– Não conseguir entender o que acontece ao seu redor;
– Resistência em cumprir atividades diárias e
– Deficiência motora, inclusive com dificuldade para caminhar e até mesmo o uso de cadeira de rodas.

 

A quarta fase do alzheimer é considerada a fase terminal, sendo que nessa etapa o indivíduo pode apresentar:

– Mutismo;
– Não reconhecer familiares, amigos ou objetos conhecidos;
– Restrição de leito por dificuldade completa de movimentos e
– Infecções constantes.

 

Como é feito o tratamento do mal de alzheimer?

A doença de alzheimer não tem cura e, de forma generalista, os remédios para alzheimer são indicados para auxiliar no ganho de sobrevida do paciente, retardando o surgimento de novos sintomas ou usando medicamentos para amenizá-los. Para saber quais medicamentos usar para amenizar os sintomas do alzheimer, é preciso consultar um médico.

A Rede D’Or São Luiz oferece clínicas, hospitais e ambulatórios espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Bahia, Maranhão. Pernambuco e Sergipe. Marque sua consulta.

A Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência por ano.

 

Veja mais sobre a doença: