O que é a doença do beijo?

A doença do beijo, também conhecida como mononucleose, é uma infecção causada pelo vírus Epstein-Barr (EBV).

Essa condição é chamada de doença do beijo porque é transmitida majoritariamente pelo contato direto com a saliva de um indivíduo que tenha a doença, além do contato com objetos dessa pessoa. Outra forma de transmissão da doença do beijo é por meio da transfusão de sangue.

A doença do beijo é bastante comum em indivíduos entre 15 e 30 anos e, uma vez que tenha sido infectado com o vírus Epstein-Barr, o paciente fica com ele por toda a vida. Mesmo sem apresentar os sintomas da mononucleose, ele acaba sendo capaz de transmitir a doença para outras pessoas, dependendo de certos fatores.

Atualmente, acredita-se que o vírus causador da mononucleose seja um fator de risco para outras condições de saúde, como o lúpus e a diabetes.

 

Quais os sintomas da doença do beijo?

Entre os sintomas da doença do beijo, podemos destacar:

– inflamação e dor na garganta;
– febre;
– mal-estar;
– dor de cabeça;
– fadiga e cansaço;
– calafrios;
– náuseas e vômitos;
– tosse;
– perda de apetite;
– inflamação dos gânglios do pescoço;
– dores musculares; e
– aumento do fígado e do baço.

 

Como é o tratamento da doença do beijo?

A doença do beijo não tem cura. Por isso, quando o vírus faz com que a pessoa apresente os sintomas de mononucleose, é preciso tratar os sintomas em si, tomando medicamentos que aliviem a febre e a dor de garganta, por exemplo.

Ficar em repouso e manter-se bem hidratado e alimentado são formas de fazer com que os sintomas da doença do beijo sejam amenizados.

Os hospitais, clínicas, ambulatórios e consultórios médicos da Rede D’Or São Luiz estão presentes nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Bahia, Maranhão, Pernambuco e Sergipe. Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência nos pacientes que necessitam de cuidados imediatos. Marque sua consulta.