O que é síncope?

Síncope é o termo médico usado para designar aquilo que chamamos comumente de desmaio.

Um desmaio é caracterizado por uma perda temporária de consciência, que também está aliado a uma perda na postura. Logo, quando um paciente sofre um desmaio, ele pode acabar caindo no chão e perdendo o controle de seu corpo, inclusive com perda dos reflexos.

Geralmente, a síncope acontece de forma súbita e pode apresentar alguns sinais  de síncope como a visão que escurece, náuseas, palidez, calor, suor e a sensação de tontura. O paciente com síncope muitas vezes tem tempo apenas de se sentar, antes que o desmaio aconteça efetivamente.

A recuperação da síncope costuma ser espontânea e o paciente volta ao normal,  depois de passar alguns segundos ou minutos desmaiado, sem precisar de nenhum auxílio adicional. 

A principal causa da síncope é a diminuição rápida e acelerada do fluxo de sangue que sai do coração em direção ao cérebro.

A síncope costuma ser um sinal de que algo não vai bem ou um sintoma de algum quadro médico mais sério. Ela também pode ser situacional, e apresentar-se como consequência de algum ato do indivíduo, como a realização de um exercício físico de alta intensidade.

Se um paciente desmaia repetidas vezes, sem motivo aparente, é preciso ir ao médico para fazer uma série de exames, com o objetivo de diagnosticar por que essas síncopes acontecem com ele.

 

Quais são os tipos de síncope?

Existem diferentes tipos de desmaios, que estão relacionados, por exemplo, com a situação que desencadeou a síncope.

Na síncope vasovagal, o paciente acaba desmaiando em decorrência de uma forte resposta emocional de seu organismo a sensações como medo, pânico e estresse. Até mesmo ver sangue é capaz de desencadear uma síncope. Nessas situações, a pressão sanguínea cai subitamente e o indivíduo acaba por desmaiar.

Já a síncope situacional é aquela que acontece, por exemplo, depois que uma pessoa realiza um exercício físico muito intenso. Até mesmo urinar, tossir e espirrar quando se tem uma pressão baixa, por exemplo, é capaz de causar um desmaio na pessoa.

A síncope cardíaca é aquela cujas causas estão relacionadas diretamente com a saúde do coração.

A síncope pode ser causada também por algum problema no corpo da pessoa. Indivíduos com embolia pulmonar, desidratação e arritmia cardíaca são alguns dos que podem ter o desmaio como um de seus sintomas.

 

Como é o tratamento da síncope?

O tratamento da síncope depende do tipo de desmaio apresentado pelo indivíduo. Se a pessoa desmaiou após doar sangue ou sentir uma emoção muito forte, como o pânico, reidratar a pessoa e mantê-la sentada por alguns instantes já são o suficiente para que seu corpo se restabeleça sozinho.

Caso a síncope seja cardíaca ou causada por algum problema de saúde, é preciso tratar esse problema de saúde para que a condição de desmaios desapareça do cotidiano dessa pessoa. A Rede D’Or São Luiz está presente nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Bahia, Maranhão, Pernambuco e Sergipe. Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência nos pacientes que requerem cuidados imediatos. Marque a sua consulta.