Mamotomia por Estereotaxia

Também conhecido por: Biópsia de fragmento de mama à vácuo, guiada por mamografia ou estereotaxia.

O que é mamotomia por estereotaxia?

Também chamada de mamotomia guiada por estereotaxia, a mamotomia por estereotaxia, apesar de ter um nome complicado, é uma biópsia feita no tecido mamário que apresenta algum tipo de suspeita de irregularidade.

Esse é um dos principais exames para a detecção do câncer de mama e é importante fazê-lo porque, quanto mais cedo o câncer de mama for detectado, maiores são as chances de um bom resultado para a paciente.

Diferentemente de uma simples biópsia, onde se retira apenas uma amostra de tecido, na mamotomia é possível remover vários fragmentos de uma vez só, sendo que esse exame é indicado para mulheres que tenham vários cistos ou microcalcificações que precisam ser avaliadas. Com maior material disponível, o resultado da biópsia costuma ser mais preciso.

 

Como é feita a mamotomia por estereotaxia?

Basicamente, a mamotomia por estereotaxia é feita com o auxílio de um mamógrafo, o mesmo aparelho que faz a mamografia. A paciente coloca o seio no aparelho e essa parte do corpo fica imobilizada enquanto o médico realiza várias imagens similares à mamografia, até localizar o ponto de interesse onde a biópsia precisa ser realizada. 

Uma vez que ele encontra, o local é limpo e anestesiado (localmente) para a retirada dos fragmentos que serão analisados em laboratório posteriormente.  Após o procedimento, é comum que o radiologista deixe um pequeno clipe de titânio imperceptível no local da biópsia, com o objetivo de facilitar a realização de uma cirurgia posterior, por exemplo. Esse clipe não atrapalha em outros exames e também não apita em detectores de metais.

Na mamotomia por estereotaxia é possível pegar amostras até mesmo de lesões que a paciente e o médico não conseguem apalpar, uma vez que são muito pequenas e visíveis apenas durante a mamografia.

Após a mamotomia por estereotaxia é feito um curativo, que não pode ser molhado e precisa ser removido após 24 horas da realização do exame. A paciente deve ficar em repouso por alguns dias, além de fazer compressas de gelo no local para evitar a formação de hematomas. 

Também é preciso suspender o uso de determinados medicamentos antes e após a mamotomia, por isso, siga a recomendação exata de seu médico para os cuidados pós-mamotomia por estereotaxia.

Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência. A Rede D’Or São Luiz está presente nos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Sergipe, Maranhão e Bahia.