Cintilografia do Fígado e Vias Biliares

O objetivo é analisar fígado e vias biliares (conjunto de ductos que conectam o fígado a outros órgãos do sistema digestivo, como pâncreas, vesícula biliar e duodeno.

Sinônimos

  • Cintilografia das Vias Biliares
  • Cintilografia de Fígado e Vias Biliares c/Disida
  • Cintilografia Hepática c/ Disida
  • Cintilografia Hepática e de Vias Biliares c/ Disida
  • Det Excreção das Vias Biliares c/ Disida
  • Mapeamento do Sistema Biliar
  • Permeabilidade das Vias Biliares
  • Prova de Excreção

O que é Cintilografia do Fígado e Vias Biliares?

A cintilografia é um exame que faz parte da Medicina Nuclear, utilizando compostos levemente radioativos injetados por cateter, em veias e órgãos. Com o movimento desses compostos radioativos na circulação é possível obter imagens para fins diagnósticos mais precisos.

Na Cintilografia do Fígado e Vias Biliares, também chamada de cintilografia hepática, o objetivo é analisar fígado e vias biliares (conjunto de ductos que conectam o fígado a outros órgãos do sistema digestivo, como pâncreas, vesícula biliar e duodeno.

Com o exame é possível detectar cálculos, ou seja, pedras na vesícula, que possam estar bloqueando as vias biliares, em doença chamada de atresia das vias biliares.

A colecistite, inflamação da vesícula biliar, também pode ser diagnosticada por meio da Cintilografia do Fígado e Vias Biliares.

Por fim, o exame pode ser utilizado para avaliar a comunicação entre os órgãos que se conectam por meio das vias biliares, além da busca por possíveis fístulas biliares e a avaliação do funcionamento das vias biliares após cirurgia.

 

Como é feito o exame Cintilografia do Fígado e Vias Biliares?

Na Cintilografia do Fígado e Vias Biliares, o paciente recebe uma injeção de medicamento levemente radioativo que se liga ao fígado e a células que compõem as vias biliares.

Cerca de 30 minutos após injeção, o paciente é encaminhado à máquina de cintilografia para captura de imagens do fígado e vesícula biliar, além de outros órgãos que se comunicam por meio das vias biliares. Adicionalmente, o paciente também poderá fazer uma tomografia com imagens adicionais para estudo.

Dependendo da forma como o medicamento usado na Cintilografia do Fígado e Vias Biliares se espalha no abdômen, é possível entender melhor o funcionamento e tamanho desses órgãos, além da presença de nódulos ou massas anormais.

As imagens podem ser feitas em diferentes intervalos de tempo e, ao final do exame, os pacientes recebem um estímulo gorduroso pela ingestão de queijo ou  pão, por exemplo, para que o exame capte imagens da reação da vesícula biliar à ingestão de alimentos mais gordurosos.

 

Para que serve o Exame Cintilografia do Fígado e Vias Biliares?

A Cintilografia do Fígado e Vias Biliares serve para o estudo de possíveis bloqueios nas vias biliares causados pela presença de cálculos biliares nos dutos das vias biliares. O exame também pode ser usado para diagnosticar a colecistite, uma inflamação da vesícula biliar.

Por fim, o exame serve como avaliação do trânsito nas vias biliares e pode ser feito, no pós-operatório, para avaliar o sucesso da cirurgia, como o transplante hepático, por exemplo.

Por ano, a Rede D’Or São Luiz realiza mais de 3,4 milhões de atendimentos médicos de urgência e emergência. A Rede D’Or São Luiz está presente nos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Distrito Federal, de Pernambuco, do Maranhão, de Sergipe e da Bahia.

Prazo de entrega

O prazo pode variar de acordo com a unidade. Por favor, entre em contato com sua unidade de preferência para confirmar o prazo.

Cobertura

Para informações sobre cobertura, acesse a nossa página de Planos e Convênios.

Preços e pagamento

Pagamento particular

Para informações sobre valores de exames, entre em contato com a sua unidade de preferência.

Exames e Procedimentos relacionados

Cintilografia Óssea Trifásica

Não necessita agendamento

Cintilografia Pulmonar (Inalação)

Não necessita agendamento

Cistocintilografia Indireta

Não necessita agendamento