Ressonância Magnética da Sela Túrcica (Hipófise)

Este exame é indicado para rastrear alterações nas estrutura de problemas da hipófise e das estruturas ósseas próximas, como a sela túrcica.

O que é Ressonância Magnética da Sela Túrcica (Hipófise)?

A Ressonância da Magnética da Sela Túrcica (também conhecida como ressonância da região selar ou ressonância da hipófise) é o melhor exame para avaliação da glândula hipófise.

Também conhecido por: Ressonância de hipotálamo e hipófise, Ressonância Magnética adenohipófise, Ressonância Magnética hipófise, Ressonância Magnética hipotálamo, Ressonância Magnética sela túrcica, Ressonância Magnética sela/hipofise, RM adenohipófise, RM de hipotálamo, RM do eixo hipotálamo-hipófise, RM glândula hipofisária, RM hipófise, RM região periselar/sela, RM sela turca, RM sela/hipófise.

Como é feito o exame Ressonância Magnética da Sela Túrcica (Hipófise)?

Ao fazer o exame de Ressonância Magnética da Sela Túrcica, o paciente é posicionado na mesa do equipamento, e o técnico especialista coloca um dispositivo chamado de Bobina de RF ao lado da área a ser estudada no exame, por exemplo, o ombro, a cabeça ou o joelho. A seguir, a mesa desliza suavemente para dentro do aparelho. O técnico opera de outra sala e fica em contato com o paciente através de um aparelho de comunicação interna. Durante o exame o paciente ouve ruídos parecidos com batidas em intervalos irregulares. Isto significa que as imagens estão sendo adquiridas, sendo necessário ficar imóvel. Dependendo do exame, pode ser necessário o uso de contraste endovenoso.

Para que serve o Exame Ressonância Magnética da Sela Túrcica (Hipófise)?

O Exame de Ressonância Magnética da Sela Túrcica é indicado para rastrear alterações nas estrutura de problemas da hipófise e das estruturas ósseas próximas, como a sela túrcica.
Podem ser diagnosticados, por exemplo, crescimentos anormais da glândula, presença de tumores, alterações ósseas e vasculares.A Rede D’Or possui hospitais espalhados por 6 estados brasileiros. Todas as instituições possuem selos de qualidade nacionais e internacionais, como o que é oferecido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que são uma garantia de excelência no atendimento hospitalar.
Ao todo, são mais 80 mil médicos das mais diversas especialidades, disponíveis para auxiliar no tratamento e no diagnóstico de condições diversas.

Exames e Procedimentos relacionados