Cirurgia

Cirurgia Endovascular

Um procedimento cirúrgico é um tipo de tratamento médico que requer a intervenção manual ou por meio de instrumentos do médico no paciente. No caso da cirurgia endovascular, esse procedimento é feito dentro das artérias e veias que compõem o sistema vascular do organismo, que transporta o sangue para todo o resto do corpo humano.

Marcar ConsultaENCONTRE UM ESPECIALISTA

O que é cirurgia endovascular?

Um procedimento cirúrgico é um tipo de tratamento médico que requer a intervenção manual ou por meio de instrumentos do médico no paciente. No caso da cirurgia endovascular, esse procedimento é feito dentro das artérias e veias que compõem o sistema vascular do organismo, que transporta o sangue para todo o resto do corpo humano.

Por vezes, essa divisão pode ser chamada também de cirurgia vascular e endovascular, sendo que a primeira costuma ser mais invasiva. Atualmente, a maioria dos procedimentos vasculares é feita na modalidade endovascular.

Normalmente, a cirurgia endovascular é feita por meio de punções, cateteres, fios-guias, balões de dilatação e stents, que podem ser inseridos no paciente de forma menos invasiva, sendo que eles são controlados pelo médico com a ajuda de equipamentos como monitores e aparelhos de raio-x.

A cirurgia endovascular pode ser indicada para resolver problemas circulatórios, como aqueles que são causados por veias entupidas por placas de gordura e até mesmo coágulos. Aneurismas e dilatações vasculares também podem ser tratados por essa especialidade médica.

Um dos procedimentos realizados na cirurgia endovascular chama-se angioplastia primária e ele consegue evitar, inclusive, problemas mais agudos e graves, como o infarto do miocárdio.

O procedimento da cirurgia endovascular mais conhecido é o cateterismo, sendo que ele consiste na inserção de um cateter-balão ou de um stent no sistema circulatório do paciente. Esses materiais são inflados, uma vez que estejam no local onde a obstrução está acontecendo, quebrando os coágulos e placas de gordura, permitindo que a circulação volte a acontecer com normalidade.

A cirurgia endovascular, por ser menos invasiva, permite que o paciente tenha um tempo de recuperação mais rápido, sendo que até mesmo a anestesia usada para o tratamento pode ser local, desde que feita com acompanhamento do anestesiologista.

A Rede D’Or São Luiz possui hospitais espalhados pelos estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão e Bahia. Por ano, o grupo hospitalar que é garantia de excelência e qualidade no tratamento médico, realiza mais de 229 mil tratamentos cirúrgicos.